Caros Leitores, desde a sua criação o Blog Xapuri News, o intuito sempre foi de ser mais um espaço democrático de noticias e variedades, diretamente da Princesinha do Acre - Terras de Chico Mendes - para o mundo, e passará momentaneamente a ser o instrumento de divulgação das Ações da Administração, Xapuri Nossa Terra, Nosso Orgulho, oque jamais implicará em mudança no estilo crítico das postagens.

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Descaso

A convite de lideranças e moradores da “Estrada da Variante”, “Estrada do Café” no final da tarde de ontem visitei boa parte do “ramal” onde cerca de 120 famílias, o utilizam como via para se chegar à cidade, e oque pude ver foi o descaso com os agricultores e mesmo cm os assentados do “Polo da Variante”, que devido a má conservação do ramal não estão conseguindo escoar sua produção, nem mesmo para feira semanal que outrora era realizada.

Com a eminente queda de duas pontes, onde praticamente é impossível trafegar até mesmo caminhando e com o rompimento de um bueiro as famílias que residem naquela área estão praticamente ilhadas.

Segundo informações alguns prejuízos já podem ser contabilizados, entre eles, as centenas de litros de leite que não estão sendo recolhidos diariamente, ou ainda as verduras e legumes que a cada semana eram colhidos com o destino de comercialização no “Mercado dos Colonos” em Xapuri, não tem como chegar ao destino.

Pelas imagens, dá para se ter uma idéia da situação hoje vivenciada pelos moradores da variante.

Algumas situações há necessidade de se comentar. Inicialmente nos altos do km 16 onde há o rompimento de um bueiro, segundo informações o problema não é atual, já que a mais de 60 dias o ocorrido fora comunicado aos órgãos públicos e até a presente data nada foi feito. Sinceramente esse e o pior descaso que constatei principalmente com o desrespeito à vida humana, pois sequer sinalização fora improvisada para avisar aos motoristas que ao final de uma ladeira há uma cratera de aproximadamente 30m de comprimento por 20m de profundidade. O risco não é somente para veículos automotivos, mas também para ciclistas.

No local pude confirmar as duas formas de atravessar a cratera, ou você se arrisca em uma pinguela na lateral, ou faz um desvio por dentro dos campos das fazendas que também estão cheios de lama, agora veículos é voltar.

Ainda nos bueiros rompidos, segundo denuncia de pessoas que residem nas proximidades e que acompanharam a construção daquela barragem, dão conta de que o serviço fora mal feito desde o seu principio, o que dá de entende segundo as informações prestadas é de que as manilhas dos bueiros foram assentadas em uma base apenas de solo compactado, enquanto o procedimento correto seria o assentamento em base de concreto armado, depois é de se admirar que os profissionais envolvidos na construção não atentaram que pelo volume de agua da área, o tipo de manilha seria insuficiente para o escoamento da agua.

Quanto as pontes há varias situações que foram constatadas in loco, primeiro apesar de não ser técnico na área, mas a qualidade da madeira é facilmente questionada, já que algumas das pontes estão em uso a menos de 4 anos, e as madeiras já estão podres. Em um segundo momento os aterros realizados nas cabeceiras das pontes todos eles estão cedendo. De duas uma: ou a empresa que realizou o serviço não sabe trabalhar, ou ainda não houve fiscalização das obras para o pagamento, e vale lembrar será que o custo das pontes eram para construir pontes ou verdadeiras pinguelas?

Verdadeiramente me senti em um rally, nos poucos mais de 18 quilômetros percorridos, atravessei pontes que estão cedendo, pontes completamente destruídas, crateras com mais de 20m de altura e a estrada em si, está pior do que os piores ramais de Xapuri.

O que me preocupou deveras é que segundo alguns moradores daquela localidade, caso o poder público não apresente nenhuma solução, os mesmos estão prontos a fechar novamente a estrada da borracha. Em 2006 devido um problema similar, os moradores do polo da Variante acamparam na Estrada da Borracha única via de acesso à Xapuri e impediram durante um dia de quaisquer veículo, sair ou entrar no município.

Segundo informação apuradas pelo blog nesta manhã de hoje, o problema já fora comunicado ao DERACRE, já que a questão de pontes em uma estrada estadual é de competência daquele órgão. Um Vereador da base da Administração foi mais enfático “Um técnico do Deracre já visitou o local e logo-logo já estrão trabalhando para resolver o problema” resta saber que tempo significa esse logo-logo.

A nossa cobrança é no sentido de sensibilizar a Administração local que olhem com carinho para as pessoas que estão sendo prejudicadas naquela região.

Veja mais fotos:




2 comentários:

  1. Ronaldo de Oliveira Santos8 de maio de 2011 11:29

    Gostaria de dizer da minha indignação com o descaso com esta estrada pois dependo dela pra chegar à minha propriedade e ja tive que deixar o carro ou dormir dentro dele simplesmente por causa desta administração que se quer pensou em cuidar dos locais mais críticos que alias são pouco em relacão à extensão e a importancia desta variante.

    ResponderExcluir
  2. Tenho me recusado a fazer alguns comentarios em algumas reportagens.Mais essa postagem chega a ser humilhante para os agricultores que precisam escoar seus produtos. quero deixar claro que não sou contra ao governo que estar ai, mas o descaso com nossa cidade e tão grande que causa indignação.O poder executivo precisa ter compromisso, esse estado de calamidade publica e uma vergonha, e olha que isso ja dura no minimo uns 20 anos.

    ResponderExcluir

Caro usuário, você é muito importante para este espaço, suas idéias e opiniões são valiosíssimas, será sempre muito bem vindo a deixar impregnado sua opinião.

Caso queira contribuir, com uma crítica construtiva prossiga, você será respeitado, tal qual o teu respeito para o Xapuri News, porém caso deseja deixar um comentário que fira os preceitos éticos deste instrumento de informação, infelizmente não poderemos publicar o teu comentário...

Cordiais Abraços...
Joscíres Ângelo
Adm. Xapuri News