Caros Leitores, desde a sua criação o Blog Xapuri News, o intuito sempre foi de ser mais um espaço democrático de noticias e variedades, diretamente da Princesinha do Acre - Terras de Chico Mendes - para o mundo, e passará momentaneamente a ser o instrumento de divulgação das Ações da Administração, Xapuri Nossa Terra, Nosso Orgulho, oque jamais implicará em mudança no estilo crítico das postagens.

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Fim de Semana

Bem,amigos Final de Semana chegando,para algumas cidades é dia de decisão eleitoral - Segundo Turno - ainda bem que estou livre dessa vez.

Vou aproveitar esse Final de semana para descansar e na próxima semana estarei apenas cuidando da saúde..nada de trabalho!!!! KKKK

Desejo a todos um excelente Sábado e Domingo e se Deus quiser nos encontraremos neste espaço na segundona!!!!

Bjos

Como é Fácil Esquecer

Hoje nas minhas crises existenciais, comecei a imaginar decomo é simplesmente incrível a capacidade que o dia seguinte tem de nos fazer voltar a acreditar que coisas melhores virão. A famosa expressão popular "não há nada melhor que um dia após o outro" tem lá suas virtudes e correlação com a esperança bíblica do salmista - o choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã.

Podemos considerar como sábios e vitoriosos aqueles que não levam para a cama e colocam sob seu travesseiro um problema a ser resolvido, muito menos deixam cair sobre este a noite do desespero; mas ainda que assim o permitam por algum relaxamento, bem-aventurados são aqueles que na manhã seguinte, ao contemplar o belo dia que Deus os oferece sem ressalva, entendem que tudo será diferente. O nome dessa loucura? Esperança!

Hoje podemos nos estressar, nos revoltarmos. As circunstâncias, que tiram de nós aquilo que achamos ter, mas de fato nunca tivemos - o controle - podem nos levar a sermos piores ou melhores, podem nos mudar por completo, nos tirando de nós mesmos; mas a regra desregrada da esperança nos diz sempre que Deus sabe o que está fazendo; que não nos permite dor além da que aguentemos suportar; que basta a cada dia o seu mal e que as misericórdias do Senhor são renovadas sobre nós a cada manhã.

Se o seu hoje está sendo ruim, como o meu deixe esse mal ir embora junto com o findar dessa jornada e lembre-se: o dia seguinte está vindo por aí!

E o final de semana também!!!!!

Ancião de 80 anos de idade reage a assalto e prende assaltante

O ancião José de Brito, 80, vendedor de banana no Mercado da Semsur, baixada do bairro Sobral reagiu a um assalto praticado contra o mesmo por Ivan de Souza Vale, 22, vulgo "Rato" pessoa bastante conhecida no meio policial.

Segundo informações da vitima por volta das nove horas de quinta-feira, 23, ele estava na banca de banana quando dois homens se aproximaram e um deles armado de revolver anunciou o assalto.

De imediato o ancião se agarrou com um dos assaltantes e conseguiu tomar a arma enquanto o outro fugiu.

Após dominar o assaltante o ancião foi socorrido por outros comerciantes que acionaram a polícia.

Com a chegada da Rádio Patrulha foi descoberto na cintura do assaltante mais uma arma, uma escopeta municiada.

Vítima e acusado mais as armas foram encaminhadas a Delegacia Central de Flagrantes - Defla, onde o acusado foi indiciado por roubo qualificado, Artigo 157 Código Penal.

O curioso além do ancião ter dominado o assaltante armado é que "Rato" e conhecido como um verdadeiro terror da baixada, mas o velhinho sem saber resolveu enfrentar a "fera" de frente e antes de sai da delegacia avisou ao assaltante se ele retornar e tentar assaltá-lo novamente quem vai ser acionado da próxima vez será o rabecão do IML.

Policiamento acreano terá reforço de helicóptero

Secretário de Segurança Antônio Monteiro: "A fronteira tem pontos de fragilidade que serão reforçados com o auxílio do helicóptero".O policiamento no Estado do Acre terá o auxílio de um helicóptero, especialmente nas áreas de fronteira. O extrato de convênio para a compra da aeronave foi publicado no Diário Oficial da União, fruto do empenho do governador Binho Marques e sua equipe junto ao ministro Tarso Genro, e integra o Programa Nacional de Segurança com Cidadania (Pronasci).

O valor do convênio ultrapassa R$ 6 milhões e tem contrapartida do Governo do Estado. Após a licitação, a aeronave será fabricada e entregue à Secretaria de Estado de Segurança Pública.

"Esse é um processo demorado, mas após o fechamento da licitação faremos todos os esforços possíveis junto à empresa vencedora para agilizar a fabricação e entrega do helicóptero", disse o secretário de Segurança Pública, Antônio Monteiro.

De acordo com o secretário, a fronteira acreana tem mais de dois mil quilômetros de extensão e foi uma das causas principais da adesão do Acre ao Pronasci. "A fronteira tem pontos de fragilidade que serão mais bem monitorados com o auxilio do helicóptero. Dois policiais já estão em treinamento para atuar no pelotão aeropolicial e mais profissionais serão preparados para o trabalho."

O major da Polícia Militar Paulo César ressaltou que o helicóptero vai auxiliar também no policiamento das rodovias que dão acesso ao Estado, além de agilizar o combate ao narcotráfico e furto de veículos.

Faculdades particulares não podem cobrar taxas administrativas

Cobrança por emissão de documentos diversos é ilegal, segundo informa Ministério Público Federal no Acre

O Ministério Público Federal no Acre (MPF/AC) enviou recomendação às instituições de ensino superior União Educacional do Norte (Uninorte), Faculdade da Amazônia Ocidental (FAAO) e Instituto de Ensino Superior do Acre (Iesacre) para que deixem de cobrar taxas relativas à expedição de documentos simples como declarações diversas (conclusão de curso, histórico escolar, atestados, conteúdo programático, freqüência, boletins impressos, etc).

A medida foi tomada depois de uma série de denúncias de estudantes que consideram abusivos os valores cobrados pelas faculdades.

Anteriormente, o MPF/AC já havia ajuizado ação civil pública requerendo a extinção da cobrança da taxa para expedição de diploma. A Justiça Federal deu liminar à ação e essas taxas estão hoje proibidas. Agora, por provocação dos estudantes, as demais taxas também estão sendo questionadas, em ato assinado pelo procurador da República Anselmo Henrique Cordeiro Lopes.

Indagadas pelo MPF/AC, as instituições de ensino admitiram a cobrança dos valores, o que é ilegal, já que todas as faculdades são prestadoras de serviço público federal, e, segundo a Constituição, não podem cobrar quaisquer taxas relativas à expedição de documentos ou certidões necessárias à defesa de direitos ou ao esclarecimento de situações de interesse pessoal.

O Código de Defesa do Consumidor também veda essa prática ao declarar nulas as cláusulas contratuais que permitam aos fornecedores de bens e/ou serviços variar os preços cobrados como bem entender, além de também anular as cláusulas que restrinjam direitos fundamentais inerentes à natureza contratual.

Segundo o texto da recomendação, desde a promulgação da Lei 9.870/99, a única forma admitida de remuneração para as instituições de ensino superior são as anuidades e semestralidades, que podem ser divididas em parcelas mensais, qualquer cobrança extra referente aos serviços educacionais configura-se em irregularidade, podendo ser admitida apenas para o caso de emissão de segundas vias e desde que o seu valor não ultrapasse o correspondente ao custo da expedição do documento, sem qualquer margem de lucro.

As faculdades têm 10 dias para informarem se vão acolher a recomendação, que se limita à proibição de cobrança dessas taxas daqui em diante. Caso as instituições de ensino se recusem a cumprir o recomendado, o MPF/AC tomará as medidas judicias cabíveis e requererá o ressarcimento em dobro dos valores pagos indevidamente pelos alunos, além de multas e demais encargos legais.

Assessoria de Comunicação
Procuradoria da República no Acre

Miss Brasil apresentará vídeo sobre o Acre no Miss Mundo

Documentário terá 10 minutos e contará pontos para a classificação de Tamara Almeida a Miss Mundo Brasil eleita em julho

O Acre estará representado no concurso internacional Miss Mundo 2008 através de um vídeo que conta a luta pela preservação da floresta e os ideais de Chico Mendes. Pela primeira vez na história da competição, uma miss levará um projeto ambiental para apresentar o público. Tamara Almeida, Miss Mundo Brasil, está no Acre gravando um documentário em parceria com a Ong Amigos da Terra e o Governo do Estado. Na manhã de hoje ela apresentou o objetivo do trabalho à imprensa.

"Geralmente o foco apresentado pelas misses é o lado social em relação aos pacientes com Aids. Nunca nenhuma miss apresentou um projeto ambiental, e o meio ambiente é uma preocupação existente no mundo inteiro. Eu escolhi o Acre pela luta de Chico Mendes e do povo acreano pela preservação da floresta. O Estado tem uma história bonita, de lutas, e se orgulha em contá-la. Nessa parceria todos saem ganhando", disse Tamara.

O Miss Brasil aconteceu em 24 de julho, em Angra dos Reis (RJ). Tamara é a representante brasileira no Miss Mundo e embarca para a África do Sul em novembro. Durante um mês as candidatas serão testadas em concursos de biquíni, esporte, passarela, entrevistas. "Tudo conta pontos para a classificação final. Das 110 candidatas serão escolhidas 5 e uma delas será a Miss Mundo. No dia da premiação é apenas uma pequena parte do que as candidatas enfrentam. No palco elas respondem a apenas uma pergunta, mas antes elas são sabatinadas sobre vários assuntos, e tudo com pontuação."

O vídeo sobre o Acre e a luta de Chico Mendes pela preservação ambiental será exibido dentro da categoria Beleza com Propósito.

Binho se reúne com prefeitos e propõe pacto pelo desenvolvimento do Acre

Governador quer ampliar parcerias com todas as prefeituras para garantir serviços essenciais as comunidades e fazer do Acre o melhor lugar para se viver na Amazônia até 2010
O encontro com os prefeitos aconteceu no Palácio Rio Branco. Governador Binho lembrou que a meta de"transformar o Acre no melhor lugar para se viver na Amazônia" só é possível com o trabalho em parceria. "O sucesso de vocês é o sucesso de todos nós", afirmou Binho Marques.

O governador Binho Marques selou na noite desta quinta-feira seu propósito de ampliar as parcerias do Governo do Estado com as prefeituras de todos os 22 municípios do Acre. Marques realizou um grande encontro no Palácio Rio Branco com vinte dos prefeitos eleitos e reeleitos no pleito de 5 de outubro para propor um pacto para que nos próximos dois anos nem um real do orçamento e nem um minuto do tempo dos gestores do Estado e dos municípios sejam desperdiçados mas aplicados integralmente e sistematicamente no desenvolvimento do Acre, especialmente em áreas sensíveis como saúde, educação e produção familiar junto principalmente às comunidades mais necessitadas.

"O tempo é de se estreitar relações. Mesmo com diferenças, o amor pelo Acre é o que nos une", disse o governador. "É esse amor que pode permitir uma grande aliança de projetos comuns", completou, lembrando que os bons indicadores que levarão o Acre a ser o melhor lugar para se viver na Amazônia até 2010 só serão possíveis através de uma parceria bem elaborada tecnicamente e comprometida com o desenvolvimento do Estado.

Binho convocou os prefeitos para uma reunião que deverá ser realizada no próximo mês de novembro com todos os eleitos e reeleitos para traçar, agora de modo mais técnico, os planos para 2009/2010. A meta de Marques é trabalhar de modo que os dois anos que virão valham por quatro em termos de eficiência e resultados. As prefeituras farão adesão voluntária aos projetos e serão competitivas entre si. "Trata-se de uma competição positiva. O tratamento deve ser melhor para se dedica mais", anunciou o governador.

Os projetos decorrentes dessas parcerias devem atender áreas essenciais como saúde, educação e produção familiar com geração de emprego e renda nas comunidades mais longíquas -fundamentalmente nas Zonas de Atendimento Prioritário (ZAPs), conceito de política pública para levar serviços básicos e estruturantes às comunidades mais carentes do Acre. As ZAP's surgiram a partir do Zoneamento Ecológico-Econômico, o mapeamento mais detalhado que o Estado produziu acerca de seu território, população e recursos, naturais ou não. Zonas de Atendimento Prioritário, na região urbana, estão localizadas em fundos de vale e as rurais estão em terras indígenas, unidades de conservação, assentamentos tradicionais e assentamentos diferenciados.

Binho pediu que na próxima reunião com os prefeitos estejam presentes os vices e parte da equipe que deverá trabalhar com o futuro gestor.

Além dos vinte prefeitos (apenas Nilson Areal, de Sena Madureira, e Hilário Melo, de Jordão, não puderam participar) estiveram presentes ao encontro o presidente da Assembléia Legislativa, secretários de Estado e assessores dos prefeitos eleitos.

Após encontro, fotos em frente ao Palácio Rio Branco. Durante encontro, o entusiasmo do grupo de prefeito estava presente em cada fala, em cada gesto.

Instituto para saúde
Binho Marques pediu apoio dos prefeitos em favor da criação de um instituto de prestação de serviços médicos. O projeto será levado à Assembléia Legislativa e, aprovado, facilitará o trabalho de levar médicos e equipamentos para o interior do Acre, onde existe grande dificuldade para se contratar e fixar profissionais em saúde.

O secretário-adjunto de Saúde, Sérgio Roberto, apresentou alguns pontos do instituto, cuja natureza será a assistência à gestão. O instituto, segundo explicou Roberto, será administrado por um conselho gestor com membros indicados pelo Governo do Estado, prefeituras, trabalhadores e outros.

As Secretarias de saúde, do Estado ou dos municípios, poderão contratar serviços ofertados pelo instituto.

Manifestações de apoio à parceria com Binho Marques
Os prefeitos manifestaram apoio à proposta de parceria do governador. "Não sou prefeito de um partido mas de um município. Nossa gestão estará os quatro anos de portas abertas às parcerias com o Governo do Estado", afirmou Randson Almeida, prefeito eleito em Marechal Thaumaturgo.

"Parabenizo o senhor pela atitude e pela maneira democrática de se reunir com os prefeitos aqui no Palácio Rio Branco. É uma posição histórica. Fico feliz em ouvir sua preocupação com os excluídos e o senhor pode ter certeza que em Cruzeiro do Sul encontrará um grande parceiro", declarou Vagner Sales, eleito em Cruzeiro do Sul.

"Este é o primeiro grande passo para um grande trabalho: é quando se tem regras claras", afirmou o prefeito eleito de Feijó, Juarez Leitão, assegurando apoio à proposta de Marques.

"Sozinhos ficamos fragilizados", alerta presidente da Amac
O prefeito reeleito de Rio Branco e presidente da Associação dos Municípios do Acre (Amac) Raimundo Angelim foi objetivo ao se manifestar em favor das parcerias e das trocas de experiências entre as instituições. "Tenho uma crença muito grande de que sozinhos ficamos fragilizados. Temos de nos unir em torno da Amac e promover a troca de experiência entre os municípios", pediu, defendendo a parceria proposta pelo governador Binho Marques.

Para Angelim, as exigências e necessidades da população são cada vez maiores e somente com parceria é que os resultados virão. "Portanto, coloco a Prefeitura de Rio Branco à inteira disposição de todos", finalizou.

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Mas o que é a escola mesmo?

Faça a sua parte, para juntos fazermos um todo
Após os últimnos acontecimentos envolvendo alunos e professores na minha querida Xapuri e em especial com o meu querido Colégio Divina Providência, me encontrei num intrigante dilema. Mas o que é a escola mesmo? Que conceitos estamos transmitindo aos nossos alunos? Estamos falhando como educadores? Oque fazer?

Chequei a uma conclusão filosófica de que a escola não é ilha isolada no oceano social. Não é lugar para guardar crianças, ou reformá-las, embora possa ajudar, orientar e até alimentar. A escola não é paraíso. Nem inferno. A escola não está aí por acaso. A escola salvará a sociedade se a sociedade salvar a escola.
 
Os professores na escola não são mágicos, não são heróis (embora heroísmo não falte a muitos deles), não são gênios (muito menos da lâmpada), não são mercenários, não são santos, não são famosos, não são poucos, não são suficientes, não são muitos, não são o que pensamos que são.
 
Os professores são pessoas cuja profissão é ajudar na humanização de outras pessoas, os alunos. Cabe aos professores avaliarem os alunos. Avaliação não é punição. Não é acusação. Não é vingança. Não é fatalismo. Não é perseguição. Não é condescendência.
 
Cabe aos pais acompanharem os filhos. Conversar com os filhos sobre a escola. Conversar com a escola sobre os filhos. Conversarem pai e mãe entre si sobre a escola que os filhos freqüentam.
 
Cabe aos alunos entenderem a escola. Cuidarem dela. Defendê-la. A escola não é ponto de tráfico de drogas. A escola não é a sede do tédio. Não é apenas lugar de encontro. Mas o que é a escola mesmo?
 
A escola não é uma idéia vaga. Não é um lugar onde há ou não há vagas. Não é vagão de trem onde entramos e do qual saímos quando chega à próxima estação.
 
A escola não é a sua quadra de esportes, não é um conjunto de salas de aula, não são suas paredes (sujas ou limpas), janelas (abertas ou fechadas), portas (com cadeados ou não), armários (vazios ou cheios), escadas (perigosas ou seguras), computadores (novos ou obsoletos), bibliotecas (reais ou fictícias). A escola não é o que vemos.
 
A escola não é arquivo morto. A escola não é cabide de empregos. Não é moeda de troca política. Não é campo de batalha. Não é um curso de idiomas. Não é empresa competitiva. A escola não é clube, não é feira, não é igreja, não é partido.
 
A escola, o que é? Sabe a escola nos dizer o que ela é? Alguém sabe?

A escola é um problema insolúvel.
A escola é uma probabilidade.
A escola é uma experiência.
A escola é uma esperança.

Somos parte da escola e portando devemos fazer a nossa parte!!!

Leitores do Blog

Email Recebido de leitor Paulista

Olá Joscires,
Depois de muito tempo encontrei algo sobre XAPURI.
Explico melhor...
Me chamo Ronaldo, sou da cidade de MARÍLIA, cidade de cerca de 240mil habitantes no interior de SP, e nada sabia sobre XAPURI até a morte de Chico Mendes, este também não conhecia.
Desde então, tive curiosidade para conhecer e saber mais sobre a cidade e nunca consegui ver ou ler nada.
Hoje "navegando" na internet, me lembrei novamente da cidade e resolví fazer uma busca, eis que encontro seu blog.
Comecei a ler os seus textos ( muito bem escritos, por sinal) e passei a saber um pouco da sua cidade natal.
Escrevo para te dizer que estarei sempre visitando seu blog, até te adicionei no MSN para que possamos bater papo quando nos encontrarmos on line.
Escreví esse e-mail porque não conseguí deixar comentário no seu blog, existe um moderador, e como não sou usuário BLOGGER não tenho senha e isso inviabilizou o envio do comentário.
Quero te pedir que poste mais fotos da cidade, curiosidades, para que pessoas como eu, distantes e interessadas em conhecer a cidade possa saber um pouquinho mais.
Se existir outros sites da cidade me avise, mesmo sites de rádio ou coisa parecida!
Um grande abraço,
Ronaldo.

Dia dePagamento

Confira odia de Pagamento dos servidores do Estado
Governo do Estado do Acre divulga calendário de pagamento dos servidores. Veja aqui as datas para cada secretaria.
DIA 24-10-2008 (SEXTA-FEIRA)
Pensionistas do Morhan

DIA 27-10-2008 (SEGUNDA-FEIRA)
• Secretaria de Estado de Educação

DIA 28-10-2008 (TERÇA-FEIRA)
• Acreprevidência
• Inativos e Pensionistas

DIA 29-10-2008 (QUARTA-FEIRA)

• Secretaria de Governo
• Gabinete Civil
• Gabinete do Vice-Governador
• Controladoria Geral do Estado
• Procuradoria Geral do Estado
• Defensoria Pública Geral do Estado
• Secretaria de Estado de Gestão Administrativa
• Secretaria de Estado de Planejamento
• Secretaria de Estado de Fazenda
• Secretaria de Estado de Agropecuária
• Secretaria de Estado de Meio Ambiente
• Secretaria de Estado de Floresta
• Secretaria de Estado Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia
• Acredata
• COHAB
• Codisacre
• Cila
• Colonacre
• Fades
• Deas
• Sanacre
• Escritório de Apoio em Brasília
• FUNTAC
• Fundação Escola do Servidor Público
• IMAC
• Instituto Defesa Agropecuária Florestal
• Instituto Dom Moacir Grechi
• Instituto de Terras do Acre

DIA 30-10-2008 (QUINTA-FEIRA)
• Secretaria de Estado de Saúde
• FUNDHACRE

DIA 31-10-2008 (SEXTA-FEIRA)
• Gabinete Militar
• Secretaria de Estado de Infra-estrutura e Obras Públicas
• Secretaria de Estado Extraordinária de Habitação de Interesse Social
• Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos
• Secretaria de Estado de Segurança Pública
• Secretaria de Estado de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar
• Secretaria de Estado de Esporte, Turismo e Lazer
• Secretaria de Estado de Comunicação
• Secretaria de Estado de Assistência Social
• Secretaria de Estado Extraordinária de Ações Sócio- Educativas
• Secretaria de Estado de Articulação Institucional
• Polícia Militar
• Corpo de Bombeiros
• Agência Estadual Reguladora dos Serv. Públicos
• DERACRE
• Instituto de Administração Penitenciária
• Cageacre
• Emater
• Fundação Cultural - FDRHCD
• Fundação de Cultura e Com. Elias Mansour
• FUNBESA

Foragido da Justiça é recapturado pela Polícia Civil de Epitaciolândia

Por Alexandre Lima
Com uma vasta ficha criminal, Manoel Francisco dos Santos, de 37 anos, tinha a seu favor, um mandado de prisão expedido pela Comarca de Rio Branco por vários artigos que vão desde homicídio, furto, lesão corporal, tentativa de estupro, e de ser foragido da Penitenciária do Estado do Acre.

Manoel além de ser considerado perigoso, vem comprovando que é nocivo à sociedade. No dia 20 de agosto passado, houve um assassinato na antiga rodoviária na cidade de Epitaciolândia, o mesmo estava dizendo que seria o autor do crime para amedrontar a população.

O foragido havia sido preso e teve que passar uns dias no hospital da Brasiléia. Aproveitando-se do descuido da segurança, fugiu tomando rumo ignorado ainda com as algemas. Depois de algumas horas, conseguiram encontrá-lo no Ramal do Prata no município de Epitaciolândia onde deu trabalho para ser detido.

Os policiais civis de Epitaciolândia cumprindo um mandado de prisão expedido contra Manoel, o detiveram com um facão e uma machadinha que usava para amedrontar os moradores e será transferido para a Penitenciária do Estado em Rio Branco. Sua ficha criminal é extensa e responderá por crimes em dois Estados brasileiro.

No ano de 1990, foi condenado à quatro anos de reclusão pelo artigo 155, (furto); 1995 foi condenado à oito anos pelo artigo 121 (homicídio). Em 2004, foi acusado de estupro no estado de Goiás de onde fugiu novamente para o Acre.

Já em sua terra natal, cometeu mais dois crimes: tentativa de homicídio e lesão corporal. Com essa vasta ficha criminal, Manoel com certeza passará um bom tempo atrás das grades onde pagará por seus crimes. Caso não consiga fugir de novo.

Furtou notebook para trocar por droga

Por Alexandre Lima
O desocupado Josenir da Silva Rodrigues, de 20 anos, morador do Bairro da Satel localizado na cidade de Epitaciolândia, foi preso nesta terça-feira, dia 21, após arrombar uma casa para furtar um notebook com a intenção de trocar por droga.

Graças a ação rápida dos agentes da Polícia Civil de Epitaciolândia, conseguiram recuperar o objeto que já estava em posse de uma “bocada”, de propriedade de “Neguinho” no bairro da Liberdade.

O computador que vale cerca de R$ 3.000,00 no mercado brasileiro, havia sido trocado por uma ‘pedra’ de oxidado e mais uma quantia de R$ 100,00, ou seja, sairia por cerca de R$ 150,00. O dinheiro ainda não havia sido pago.

Josenir concedeu entrevista na delegacia de Epitaciolândia, onde tentou justificar o furto para comprar comida e manter o vício dizendo que é dependente químico. O mesmo já tem várias passagens pela delegacia pelo mesmo delito.

Já o “Neguinho”, terá que se apresentar na delegacia para explicar-se e deverá ser enquadrado por receptação de objetos furtados e até poderá ir para a penitenciária do Estado juntamente com Josenir.

Revelando os Brasis III: três vídeos acreanos foram selecionados

Obras estão sendo exibidas no Rio de Janeiro

Três vídeos acreanos estão sendo exibidos no Rio de Janeiro durante o lançamento dos quarenta vídeos realizados pelo projeto Revelando os Brasis Ano III. Desenvolvido pela Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura e pelo Instituto Marlin Azul o programa tem a proposta de fomentar a produção e a inclusão de obras audiovisuais. Neste ano foram selecionados 16 vídeos de ficção e 24 documentários.

O projeto, dirigido a moradores de municípios brasileiros com até 20 mil habitantes, contribui para a formação de receptores críticos e para a produção de obras que registrem a memória e a diversidade cultural do País, revelando novos olhares sobre o Brasil.

Os vídeos produzidos e filmados no Acre revelam a singularidade e a diversidades dos povos que moram no Estado. Histórias como a de jovens de Xapuri que transformaram um espaço de opressão, uma delegacia abandonada, em lugar para reflexão, ou ainda a que conta a lenda do surgimento do daime nas aldeias indígenas.

Os 40 diretores selecionados para a terceira edição do projeto participaram de oficinas preparatórias de Introdução à Linguagem Audiovisual, Roteiro, Direção, Produção, Fotografia, Som, Edição, Direção de Arte, Mobilização, Direitos Autorais e Comunicação Colaborativa.

O Núcleo de Produção Digital da Usina de Arte João Donato foi convidado para auxiliar na produção de um dos vídeos acreanos. Os alunos do curso de cinema Luiz Felipe Cavalcanti de Albuquerque e Wander Moreira da Silva uma semana na aldeia Jacobina em Marechal Thaumaturgo. O autor deste projeto selecionado é Vandete Cerqueira Sereno Kaxinawá, morador da Aldeia Jacobina I, que fez o vídeo de ficção “YUBE NAWA AÎBU” (A Mulher Jibóia Encantada).

“Foi muito gratificante oferecer o apoio técnico. Aprendemos muitas coisas com a comunidade”, destacou Wander Moreira da Silva.

Governo do Acre cria Programa Estadual de Incentivo à Produção Florestal

Compra de alimentos e outros produtos irá regular mercado e servir às instituições públicas
Por: Edmilson Ferreira
O Governo do Acre criou hoje ,21, o Programa Estadual de Incentivo à Produção Florestal e Agroflorestal Familiar, cujo objetivo é estimular a produção, condições de mercado e preço, e utilização de produtos provenientes da produção florestal e agroflorestal familiar, especialmente quanto à oferta de alimentos na merenda escolar e no cardápio das instituições mantidas pelo Estado.

O programa será gerenciado por um conselho gestor presidido pela Secretaria de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (Seaprof). Aprovada pela Assembléia Legislativa, a lei 2024, que cria o programa, foi publicada na edição desta terça-feira no Diário Oficial do Estado autorizando a aquisição desses produtos de agricultores que se enquadrem no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) desde que os preços não sejam superiores aos praticados no mercado regional.

A lei autoriza compras no valor de até R$5.320,00 por ano por agricultor familiar para aquisição dos produtos agroflorestais, florestais e agropecuários.

terça-feira, 21 de outubro de 2008

Quando o diálogo acaba e a força o prevalece...

Devo pedir desculpas por não ter escrito algo ontem, mas acontece que estou deveras traumatizado e decepcionado com a postura de algumaspessoas que fazemparte do meu convívio profissional,já que pude na noite de ontem presenciar uma cena grotesca de agressão ao Professor Raimundo Nonato por parte de seus alunos, que de forma brutal o espancaram em frente ao Portão principal da Escola Divina Proividência, simplesmente por discordar das médias obtidas.

Realemnte refleti muito acerca da situação e ainda estou me fazendo a pergunda: Onde vamos parar? Aque ponto chegamos? A violência assistida nos telejornais no interior das escolas da região sul e sudeste, de fato chegou amina querida Xapuri.

Me resta impotente diante desta situação denunciar com veemência a inexplicável e bárbara violência cometida contra o professor Raimundo Nonato,cercado e espancado por alunos da escola que ele trabalha.

O professor Raimundo, foi hostilizado pelos alunos,foi agredido fisicamente e as marcas em seu corpo – principalmente nos punhos e no rosto – comprovam a inexplicável violência contra um senhor que desde 2006 presta seus valorosos serviços naquele Estabelecimento de Ensino e conta conta com uma trajetória de amplos serviços prestados comoeducador neste município.

Reiterando meu protesto pela violência do comportamento daqueles estudantes, solicitamos às autoridades competentes a apuração do caso, a punição dos responsáveis, o reparo dos danos morais e a tomada de providências quanto a nãomais podermos ver esse tipo de brutalidade,naquela escola ou em qualquer outro establecimento.

São injustificáveis e inaceitáveis espancamentos por quem deve respeitar e assumir postura de comprometimento com uma sociedade justa.

Até quando fcaremos reféns do medo?

A cena grotesca que presenciei, foi uma prática brutal, boçal, e anormal. Traduz-se na humilhação pela agressão física, bem como com agressão moral. Esse tipo depostura é peculiar daqueles quepossuem mau gosto a roçar os limites da violência, tanto física como verbal, mostram os seus autores como indivíduos de baixo nível, castrados intelectual e moralmente.

Fica aqui externados os meus sinceros votos de solidariedade ao meu colega deprofissão e amigo Professor Raimundo Nonato.

Relações Humanas

"O homem de bem, precisa ter a audácia de um canalha".
Onde houver duas pessoas existem relações humanas. Cada pessoa é um pensamento ,cada pensamento uma idéia que se transmite e que se recebe. Somos todos interdependentes e interrelacionados . As relações humanas bem dirigidas visam estabelecer,mediante maior entendimento, o máximo de aproximação inter-individual em funçao das necessidades comuns.

Onde houver mais de duas pessoas existe a relação humana dos grupos . Está presente no trabalho, no lar, nas relações sociais. Quanro mais positiva a relação humana, tanto maiores as possibilidades de coesão e de progresso.

Progredir , avançar, ser bem sucedido e alcançar êxito na vida dependem do modo como tratamos os nossos semelhantes . As relações humanas nos ensinam a conhecê-los e a respeitá-los. Com isso adquiriremos todas as condições necesáris para sermos também compreendidos e, assim, para nos aproximar dos nossos objetivos básicos .Nas relações humanas ( que não são nada fáceis ) , podemos aprenedr a viver em permanente comunhão com com os outros , da qual depende a integração na vida e no meio.

Muitos desentendimentos , situações desagradáveis e frustrações poderiam ser perfeitamente evitados antes que ocorrecem , se as relações humanas normais tivessem presentes.

Mas isso depende da evolução social da pessoas, da escolaridade e um bando de coisas. O Brasil, particularmente , tem um povo muito desconfiado . Qualquer coisa que você faça , pode ser mal interpretada. Por isso eu disse que não é nada fácil. Precisamos evoluir Muito, ainda . Nos países desenvolvidos onde a visão de mundo é infinitamente melhor e maior do que o Veasil, as coisas correm de uma maneira mais satisfatória. Aqui , até todo mundo se civilizar... não estaremos vivos para testemunhar a melhora . A elegância . Infelizmente !!!

"O Sucesso éstá nos olhos de quem enxerga"

A sociedade em que vivemos é bastante surpreendente, na verdade a vida é surpreendente, a cada novo amanhecer as pessoas vivem sonhando com novas coisas, algumas nem dormem para sonhar, imaginam acordadas mesmo.

É uma pena quem nem sempre podemos alcançar tudo àquilo que almejamos. Uma coisa que nunca se pode fazer é se deixar abater por pequenos obstáculos, a vida nos mostra a cada segundo novos desafios, sendo que maioria deles problemas, que chegam a ser tão grandes e aparentemente vemos sem solução, mais isso apenas aprovações pela qual devemos ser testados, e para aqueles que não desistam facilmente serem aprovados nesse grande “vestibular” da vida.

Vejamos, e fazemos uma análise de algumas pessoas que você conhece, ou já viu pela TV que se deram bem na vida, porque acha que essas pessoas estão ali hoje? Talvez seja pelo simples fato de terem acredita em si mesmo e em seu potencial que chegaram ao pódio do sucesso, mas também quem garante que fizeram tudo com honestidade? Essa dúvida fica.

Mais se pensarmos da forma mais negativa possível, nunca obteremos nada, podemos ter certeza disso. Precisamos acreditar que somos capazes, que podemos assim como tanta gente de sucesso hoje sermos os profissionais e vencedores do sucesso amanhã.

Aprovações existem a todos os momentos, testes e mais testes da vida estão em nossos caminhos, porém nada vai além se não encararmos os fatos de frente.

O futuro de cada ser humano depende das escolhas que fizemos no presente. Tenha essa certeza com você, o sucesso não é um objetivo e sim uma conseqüência, faça algo por amor e seu sucesso virá, cuide de seus olhos para enxergar além, muito além da imagem.

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Final de semana

Chegando final de semana,e cá estou eu novamente com a vontade louca de descançar na zona rural.

Acredito que desta vez vou poder relxar ao som dos grilos e cigarras e poder dormir sossegado numa rede sem quemeu celular possa tocar pelas madrugadas!!!!

Tenham todos um excelente sábado e domingo e se Deus quiser nos veremos na Segunda....

Deixo para o deleite de todos otexto abaixo:

Fácil e difícil
Falar é completamente fácil, quando se tem palavras em mente que se expresse sua opinião...
Difícil é expressar por gestos e atitudes, o que realmente queremos dizer.

Fácil é julgar pessoas que estão sendo expostas pelas circunstâncias...
Difícil é encontrar e refletir sobre os seus próprios erros.

Fácil é fazer companhia a alguém, dizer o que ela deseja ouvir...
Difícil é ser amigo para todas as horas e dizer a verdade quando for preciso.

Fácil é analisar a situação alheia e poder aconselhar sobre a
mesma...
Difícil é vivenciar esta situação e saber o que fazer.

Fácil é demonstrar raiva e impaciência quando algo o deixa irritado...
Difícil é expressar o seu amor a alguém que realmente te conhece.

Fácil é viver sem ter que se preocupar com o amanhã...
Difícil é questionar e tentar melhorar suas atitudes impulsivas e as vezes impetuosas, a cada dia que passa.

Fácil é mentir aos quatro ventos o que tentamos camuflar...
Difícil é mentir para o nosso coração.

Fácil é ver o que queremos enxergar...
Difícil é saber que nos iludimos com o que achávamos ter visto.

Fácil é ditar regras e,
Difícil é segui-las...

(*) Título original: Reverência ao destino (Carlos Drummond de Andrade)

De Xapuri para todo o Brasil

Uma Arte Diferente para Diferentes Artes

O Grupo Xapuriense Arte na Ruina, ganhará as telas das teves brasileiras pela Tv Cultura no Programa Revelandoos Brasis. Fruto do trabalho árduo de jovens que rebeldes oque tange em aceitar as limitações de extermnar suas expressões artísticas promovem a intervenção das ruinas da antiga Delegacia de Xapuri. Ruinas estas que após seis anos ao relento, revelam a desconstrução causada pela erosão que denuncia o caos político, a sujeira, os destroços e os rabiscos históricos de quem ali fora encarcerado.

Porém das adversidades veio a idéia de utilizar o espaço para abrigar suas criações,.do sombrio, veio aluz,do obsoleto veio o sulrreal, das histórias dos transgressores surgiu o encontro entre os Jovens e “Arte na Ruína” através do teatro, dança música, artes plásticas, poesia e outras expressões, o grupo conseguiu reviver o que parecia distante; A mobilização da sociedade. Com um cenário alternativo e um novo tipo de critica social, esses jovens estão possibilitando uma nova realidade sociocultural que ate então nunca se vira ou ouvira.

E a experiencia deu certo....coordenados pelo Artista Plástico Wagner San e pelo acadêmico de Teatro Clenis Alves que tem uma larga experiência com jovens em artes cênicas, umgrupo de Adolescentes e Crianças conseguiu o reconhecimento da sociedade xapuriense,acreana e até do Ministério da Cultura que entre outras quarenta histórias do Brasil, acabou sendo escolhida para ser contada através de um documentário,que muito revela sobre a ousadia dos jovens.

Tive a oportunidade de assistir algumas cenas sendo gravadas e depois em primeira mão assistir a Van Premier da edição do documentário que somente será exibido nos proximos meses pela TV cultura, e pude constatar nestes momentos o quão prontos para a vida estão os particiopantes do grupo, principalmente no que diz respeito a valores.

Na próxima semana Wagner San estará viajando para o Rio de Janeiro onde deverá estar participando do lançamento oficial do documentário.

Mas oque falar da maneira moderna com que o grupo visualiza e contextualiza arte? Primeiramente é necessário entender o porque da ruina da antiga delegacia ter sido escolhida como pano de fundo para todaa trama e a contextualização do surgimento do grupo. É inegavel que alémdo fator histórico do local,onde ali já foram reclusos, Arnóbio Marques (governador), Chico Mendes entre outros personagens que configuram o imaginário popular xapuriense, a ruina da delegacia em si,na verdade a ruína de um discurso enquanto aquilo que articula uma compreensão comum,e quando essa compreensão não orienta mais ninguém, não pertence a mais ninguém e não pode mais ser transmitida, ensinada, se dá a ruína desse contexto. Não se trata da estrutura em si, mas das relações que se estabele cem entre elas, dos lugares que elas ocupam umas em relação às outras, e do lugar que as pessoas de Xapuri ocupam nessas relações. Significa na verdade um grito sufocado de socorro pelo abandono à arte, pelo desrespeito á liberdade de expressão artistica dos jovens, pelo descaso com a história desta comunidade.

Uma coisa interessante noGrupo Arte na Ruina para mim é que a proposta segue intocável: promover o encontro entre novos artistas e público de maneira despretensiosa, criando um ambiente perfeito onde a arte está debruçada nas celas,agoraespaços de arte. As travessuras artísticas reunem músicos, artistas plásticos, poetas, atores e todos aqueles que quiserem interferir e criar um ambiente de consumo de arte. Lugar de bate-papo, aberto, com a luz da lus entrando pelo teto abertoe pelas grades ainda existentes.

Mas o que realmente me impressiona é a liberdade artística expressa pelo grupo, jáque por natrureza A liberdade institui um horizonte de inestimável valor, pois, a partir dela,
podemos pensar o caminho para se conceber o ser humano como realizando o que
a sua própria natureza promete. Na medida em que essa promessa se cristaliza,
com idas e vindas, em cada uma de nossas ações, há que se pensar nas diversas
fases que são vivenciadas. Da mesma maneira que nosso corpo se harmoniza
porque suas partes são diferentes, mas conjugam seus esforços em direção àquilo
que desejamos, nossa travessia é permeada de trilhas que se alternam, e se nos
mantemos atentos ao que podemos absorver de cada uma delas, nosso espírito se
nutre para que a etapa seguinte seja mais rica que a anterior. Ora, de todos desses
instantes, aqueles em que nossa liberdade floresce de modo vivo são os que
possibilitam a melhor percepção do que é verdadeiramente salutar para o nosso
projeto de existência.

E para o grupo que já está colhendo os louros do sucesso é apenas necessário ter maturidade para enfrentar as criticas de alguém que por ventura não entender a forma sulrrealista da arte que vocês expressam, porém antes de mais nada é imprecindível entender que na sociedade em que vivemos temos o direito de ser autêntico de ser diferente. Nos mais variados aspectos sociais, econômicos raciais, artísiticos e culturais o que deve sempre ser posto em prática é a consciência, a razão. Para que possamos ter uma eqüidade social, aceitar as diferenças é algo primordial.

Há várias formas de ver o outro, contudo não devemos enxergar apenas seus defeitos, mas sim suas qualidades e o que elas podem proporcionar para todos. Tais qualidades são como a nossa impressão digital, ou seja, únicas. A palavra chave é aceitar, é saber que temos possibilidades infinitas, e então poderemos ter um lugar em que as pessoas sejam enfim compreendidas.

E com certeza vocês tem muitas qualidades... Parabéns e sucesso a todos!!!!!

Escolas de Xapuri realizam Conferência de Meio Ambiente

Ontem e Hoje,foram dias de muito debate entre os alunos das Escolas Anthero Soares Bezerra e Divina Providência,tudo devido a realização dos trabalhos de EScolhas dos Delegados que participarão da Conferência Nacional Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente.

Nas duas escolas siram como vencedoras as equipes que optaram pelo tema agua,e em ambas,foram eleitos delegados para particpação da Conferencia Estadual.

É bom ressaltar que na conferência de meio ambiente nas escolas dos anos/séries finais do ensino fundamental, os participantes, principalmente os adolescentes, discutem os temas propostos, assumem responsabilidades na proporção de seu acesso à informação e ao poder, e definem ações para implementar suas idéias. Na Conferência Nacional, delegados de 11 a 14 anos de idade, de todas as unidades federativas, reúnem-se e dão visibilidade às idéias das escolas participantes no Brasil, por meio de uma Carta à sociedade.

A Conferência é uma iniciativa do Órgão Gestor da Política Nacional de Educação Ambiental, formado pelo Departamento de Educação Ambiental (DEA) do Ministério do Meio Ambiente (MMA) e pela Coordenação-Geral de Educação Ambiental (CGEA) do Ministério da Educação (MEC). A primeira versão, realizada em 2003, envolveu 15.452 escolas em todo o país, mobilizando 5.658.877 pessoas em 3.461 municípios.

O processo desencadeou o Programa Vamos Cuidar do Brasil com as Escolas – MEC e contribuiu para a criação das Comissões de Meio Ambiente e Qualidade de Vidas nas Escolas – COM-VIDAs, dos Coletivos Jovens de Meio Ambiente (CJs) e da Rede da Juventude pelo Meio Ambiente e Sustentabilidade (REJUMA).

A II CNIJMA, realizada em 2005/2006, envolveu 11.475 escolas e comunidades indígenas, quilombolas, assentamentos rurais e grupos de meninos e meninas em situação de rua, mobilizando 3.801.055 pessoas em 2.865 municípios. Os temas debatidos foram Acordos Internacionais sobre Biodiversidade, Mudanças Climáticas, Segurança Alimentar e Nutricional e Diversidade Étnico-Racial. O evento nacional reuniu 540 delegadas e delegados que elaboraram a Carta das Responsabilidades – Vamos Cuidar do Brasil, entregue pelos adolescentes ao Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ao Ministro da Educação, Fernando Haddad, e à Ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, no dia 27 de abril de 2006, em cerimônia no Palácio do Planalto. Os adolescentes apresentaram na Carta seu compromisso com a construção de ma “sociedade justa, feliz e sustentável” e com “responsabilidades e ações cheias de sonhos e necessidades”.

Em 2008/2009, a III Conferência Nacional Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente (III CNIJMA) se dá no enfrentamento de dois imensos desafios: um planetário, pesquisar e debater nas escolas as alternativas civilizatórias e societárias para as mudanças ambientais globais; o outro, educacional, se dá no bojo do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE), devemos envolver todos, pais, alunos, professores e gestores, nesta iniciativa que busquem a qualidade do processo de ensino-aprendizagem e a permanência do aluno na escola.

Em consonância com os princípios e diretrizes da Política Nacional de Educação Ambiental, a III CNIJMA visa fortalecer a educação ambiental nos sistemas de ensino, propiciando atitude responsável e comprometida da comunidade escolar com as questões socioambientais locais e globais com ênfase nos processos de melhoria das relações de ensino-aprendizagem e em uma visão de educação integral, de modo a:
- Abordar a questão das mudanças ambientais globais no processo educacional;
- Fortalecer o papel da escola na construção de políticas públicas de educação e de meio ambiente;
- Incluir no Plano Político Pedagógico das escolas o conhecimento e o empenho na resolução dos problemas socioambientais;
- Fortalecer e criar COM-VIDA - Comissão de Meio Ambiente e Qualidade de Vida e Agenda 21 nas escolas, incorporando suas ações no agir cotidiano em prol da vida, promovendo o diálogo de forma construtivista;
- Contribuir para a consecução das Objetivos de Desenvolvimento do Milênio e a Década da Educação para o Desenvolvimento Sustentável, ambas iniciativas das Organizações das Nações Unidas.
- Fortalecer a Rede da Juventude pelo Meio Ambiente e Sustentabilidade e os Coletivos Jovens de Meio Ambiente nos estados.

Parabens aos delegados eleitos e as equipes gestoras das escolas!!!!

Professores: luta ao respeito e à autoridade

Em recente discurssão de planejamento com Professores da Eja e Ensino Regular,acabamos entrando em uma questão muito delicada,que é a desestruturação da imagem do Professor. Participando dessas discurssões estavam professores de peso na área,onde cito o Professor João Jorge,Wagner Menezes,Raimundo Nonato,Fátima Moura, Eulália Ferreira este humilde aprendiz da área entre muitos outros.

Oque restou dessa discurssão é que não é novidade para pessoa alguma em nosso país que os professores brasileiros – principalmente de escolas públicas – são desvalorizados e desrespeitados, tanto por parte dos alunos quanto da sociedade.

Caimos num ostracismos que valoriza dados estatísticos enão a qualidade do Ensino.Quanto aos pensadores da Educação são todos professores de escritório,que seguer nos ultimos 10 anos vivenciaram as mudanças de paradigmas da educação.

Eu particularmente,quis dar prosseguimento a essa discurssão buscando,experiencias semelhantes ás nossas e através de amigos da UNDIME - União Nacionaldos Dirigentes Municipais em Educação,acabei encontrando algointeressante no Paraná.

Descubri que nesse mes estará sendo produzido um manifesto “pelo resgate
da autoridade e do respeito pelos profissionais da classe educacional”. Nada mais justo e merecido, através do Instituto de Estudos da Educação – Educa Brasil (uma associação civil sem fins lucrativos, fundada em 2005 e com sede em Curitiba, no estado do Paraná).

Segundo Esther Cristina Pereira, que está à frente da organização do evento, o documento deverá ser enviado “para as autoridades envolvidas com a educação e para a imprensa”. Isso é bom, para que também a sociedade tome conhecimento, desde que enviado para a mídia em âmbito nacional. Ela também afirma que o “pessoal que comanda a educação no Brasil não conhece a realidade da sala de aula e, se nada for feito para melhorar essa situação”, dentro de pouco tempo não mais teremos Professores em nossas escolas. De maneira quase geral, isso é fato.

Um dos intuitos do movimento é resgatar “a belle epoque da educação”, uma vez que esse também deve ser “o objetivo comum de todos os envolvidos com o ato de ensinar”. Mas de que belle epoque se trata? Em que época e em que sentido? No sentido de o professor (leia-se principalmente as professoras do ensino primário) ser valorizado e respeitado pelos alunos e pela sociedade e era bem pago ou tempo em que tínhamos uma excelente educação? E que tipo de educação: repasse de informações decoradas ou contextualização e internalização do conhecimento em benefício do modus vivendi? Aliás, houve belle epoque na educação em nosso país, desde o Brasil colônia até os dias atuais?

Trazer de volta a autoridade e o respeito ao professor e evitar que em um futuro bem próximo nossa sociedade sofra com a falta deles urge e faz-se necessário. Esse manifesto vem em boa hora (ainda que já um tanto tardia, pois no final do século passado as coisas já se arrastavam e de mal a pior em nossas escolas). Entidades como essa, que “desenvolve projetos de reflexão e discussão educacional e inclusão da sociedade no ambiente escolar” já deveria estar em ação a décadas.

Entretanto, não somente a elaboração desse documento deve ter a participação dos professores, mas também a sua leitura para que reflitam e discutam a situação da classe. O que eu estou querendo dizer é que é necessária uma mea culpa. A situação de nossos professores não chegou a esse nível de degradação profissional somente porque o “pessoal que comanda a educação no Brasil não conhece a realidade da sala de aula”, conforme a afirmação supramencionada. E por quê?

Primeiramente, porque grande parte dos que se encontram ensinando nas salas de aula por esse país continental deveria estar em qualquer outro lugar, menos ali diante de nossas crianças, nossos adolescentes e nossos jovens. São os não-professores, aqueles que não tiveram outra opção de fazer outro curso de graduação que não uma Licenciatura ou Pedagogia e que também não conseguiram outro emprego que pagasse, ainda que pouco, o salário que recebem.

Em segundo lugar, nossa classe é bastante desunida, acomodada, que mais reclama do que age para mudar o rumo das coisas, sem interesse em buscar aperfeiçoamento; mais preocupada em fazer greves por melhoria de salário do que pela melhoria das condições de trabalho e pela melhoria das péssimas e descontextualizadas formações iniciais oferecidas pelas faculdades e universidades públicas e particulares; que transfere a culpa de tudo para o aluno e para o “pessoal que comanda a educação” nos municípios, nos estados e no Brasil.

Em terceiro e último lugar, a valorização dos professores deve começar em casa, ou seja, com cada professor em particular, haja vista que muitos não mereciam nem receber tal titulação e envergonham nossa classe, e os poucos que restam, os professores de fato, esmoreceram no campo de batalha, não se dispuseram mais a se levantar e encontram-se sentados em suas mesas nas salas de aula com a boca escancarada esperando a aposentadoria chegar.

“A pressão sofrida dentro da escola, juntamente com a perda da autoridade e do respeito dos alunos”, e que “faz os professores desistirem da profissão”, então, não se deve tão-somente à falta de limites dos alunos e ao desinteresse dos que comandam a educação.

“Quem sabe faz a hora, não espera acontecer”.

Portanto, meus caros professores, comecem a mudança em seu interior que ela se refletirá, contagiará outros e mais outros e, unidos, farão a diferença.

Sem Telefone!!!

Mais uma vez, as cidades os´municípios do Vale do Acre, Xapuri, Brasiléia e Epitaciolândia, ficaram isolados do restante do mundo. Não é de hoje que a empresa responsável pelo serviço, deixa de fornecer telefonia e internet.

Celulares de todas as operadoras e telefones fixos ficaram mudos. Na atual circunstancia em que se encontra-se a fronteira com centenas de refugiados na guarda do Brasil, seria quase impossível comunicar órgãos caso fosse preciso.

Como sempre, a empresa responsável pelo serviço não se manifestou sobre o ocorrido desde ontem- quinta -feira. Os telefones ficaram mudos por volta das 12h00 voltando às 16h30.

O senador Geraldinho Mesquita já pediu providências em relação ao abandono do setor de telefonia na região, onde as concessionárias criaram uma expectativa muito grande em termos de oferta de produtos e serviços para a população e não estão hoje correspondendo. “Os serviços de telefonia no Acre estão cada vez piores”, disse o senador e cobrou providências da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para que os serviços do setor sejam melhorados no Acre.

Vamos fazer sinal de fumaça!!!!

Temos que Compreender Que....

Em uma conversa de amigos,hoje fui taxado de metrosexual da tecnologia,fui taxado de que me importo muito mais com meus amigos virtuais do que propriamente com os reias de perto.Isso porque para quem me conhce sabem que eu não abro mão de alguns aparelhiuhos modernos que ajudam e muito nos meus afazeres e na minha vida cotidiana. Meu Celular é um palmot da htc,ou seja fico ligado na net praticamente 24 horas por dia, Não dispenso meu computador na minha mochila a tiracolo,quando não, meu pendrive está sempre a mão, Gosto e muito de trabalhar nas minhas aulas e palestras com projetor multimídia, caneta lazer entre,outras coisas... e somente por isso,por estar atualizado tecnologicamente éque vou ser taxadode diferente??? ora tem dó!!!

Não podemos e nem devemos nos permitir cerrar os olhos ao nosso redor para os acontecimentos tecnológicos. Atualmente quantas são as possibilidades de
aproximação dos indivíduos? Veja bem, para que possamos ver, sentir,
compartilhar e conviver com esse efeito, se faz necessário abrir o coração e
enxergar a igualdade entre os homens.

Quando poderíamos imaginar que com o avanço da ciência e da tecnologia, teríamos como resultado a união e a igualdade das pessoas? Qdo imaginar que parte da humanidade teria acesso a um aparelinho que conectada com o mundo, além de registrar momentos de nossas vidas, iria nos permitir falar a qualquer momento de qualquer lugar com outra pessoa? No meu ponto de vista, foi ele, o telefone celular, a primeira revolução de igualdade e aproximação dos individuos.

Partindo deste princípio é que podemos refletir em quanto a nossa evolução caminha, a passos lentos, mas caminha. Porque ainda cabe ao homem os olhos pra se ver e os ouvidos para ouvir. Perante Deus somos todos iguais..Continuo ainda com meu pensamento, alguns poderão contradize-los, mas é essa a liberdade em que quero chegar. Vivemos numa era em que a tecnologia estreitou nossas relações, há quem pense o contrário, mas eu ainda afirmo e comprovo tal fato. O que é uma rede de relacionamentos?

A rede de relacionamentos, talvez tenha sido a ferramenta mais importante neste momento em que vivemos...Ninguém está só!!!ninguém se sente só, embora muitas vezes possa vc teclar sem nenhuma companhia. Ah!!!Então é aí que eu quero chegar. Sabemos
que na nossa vida nunca estamos a sós, porque temos nossos anjos e mentores
protetores, eu vejo a internet, como algo assim, um tanto místico, como algo realmente criado para nos alertar e nos fazer enxergar que perante Deus somos todos irmãos, perante Deus somos todos um, perante Deus somos vidas necessitadas de outras vidas, carentes de amor, de atenção, de carinho, de amizade, de respeito, de consideração, de ajuda mútua.

Perante Deus somos seres igualmente capazes de evoluir. Parece estranho hoje o carinho virtual, estranho um beijo,estranho também vc agarrar o amigo e apertar com toda sua força num abraço caloroso, estranho vc entregar uma rosa, dar um pulo de felicidade, emitir elogios, cantar. Tudo parece estranho até que se possa compreender em toda sua profundidade a importância de cada gesto. Qdo recebemos "virtualmente"uma manifestação calorosa de amizade a primeira reação é o nosso sorriso, o bem estar, a sensação de afago, isso no universo é a transmissão dos nossos melhores sentimentos, e tudo isso junto são vibrações de amor.

Houve uma resistência, ainda há, muito grande em relação a essa aceitação, claro que devemos sempre ficar atentos, assim como fazemos no nosso dia dia, devemos vigiar tudo que fazemos com cuidado e zelo, assim tb como em nossas vidas. Eu não consigo ver de outra forma que não seja essa, de caridade para com todos. Quantos médicos,
quantos psicólogos, quantos profissionais das diferentes áreas compartilham seus
conhecimentos orientando e ajudando, muitas vezes aquela alma infeliz... Ninguém
está preocupado se o português esta certo ou não, ninguém se incomoda de dividir
aquela figurinha bonitinha ou compratilhar aquele vídeo. Trazendo isso para nosso cotidiano, é o exercício da melhoria pessoal, muita das vezes inconsciente mas é. Então com toda minha fé, com toda minha crença e com todo amor que trago no meu peito, eu acredito que isso aqui é uma pequena mostra de onde nós todos podemos chegar. . . A passos lentos, de tartaruga, mas podemos chegar a conviver num mundo melhor, onde aprenderemos de pouquinho em pouquinho deixar de lado nosso orgulho e nossa vaidade para viver uma vida mais íntegra e com a esperança sempre de um mundo melhor. Com amor...

E vá se deletar quem discordar de mim!!!!!

Imprensa Marron e Espionagem Boliviana na Fonteiracomo Brasil

Um jornalista juntamente com seu cinegrafista da rede estatal do Governo boliviano, foram flagrados fazendo filmagens dos lugares onde estão os bolivianos que pediram refúgio no lado brasileiro.

Os jornalistas foram denunciados e levados para a Sede da Polícia Federal onde prestaram esclarecimento e avisados sobre a situação do momento no Brasil. Segundo informações, as filmagens teriam sido realizadas nas ruas que dão acesso a lugares onde estariam os refugiados.

Desde os acontecimentos do dia 11 de setembro na cidade de Porvenir e Cobija, onde resultou em mais de 15 mortos e prisão do governador deposto, Leopoldo Fernandez, muitos bolivianos cruzaram para o Brasil com medo de represálias por parte do Governo boliviano.

Desde então, o Governo Brasileiro passou a dar segurança e assistência. Até o Ministro da Defesa do Brasil, Nelson Jobim, esteve na cidade de Brasiléia para ver de perto a situação dos bolivianos.

Segundo informações, os jornalistas foram de certa forma arrogantes onde tentaram usar a Lei de imprensa internacional, dizendo que poderiam realizar o seu trabalho sem ser incomodados, o que não era o caso.

Recentemente, três bolivianos foram deportados após ser constatado, que estavam realizando serviço de espionagem em solo brasileiro e até mesmo instigando os refugiados.

Para evitar possíveis conflitos entre os dois Países, jornalistas estrangeiros terão que antes, passar pela PF para dar entrada em solo brasileiro, depois, somente com a autorização dos refugiados, poderão ou não, filmar ou colher entrevistas.

Em nenhum momento, os agentes federais pretenderam impedir os trabalhos da imprensa, mas, a situação no momento requer cuidados por ser uma questão de segurança nacional.
Fonte:OAltoAcre

Avaliação da Vida

“ O maior dos sábios é aquele que esta sempre aprendendo”,
Há um momento na vida aonde chegamos a um ponto definitivo e crucial para nosso próprio entendimento, da vida, das pessoas e de nós mesmos, pois vida é
movimento e nós humanos somos seres em constante aprimora mento em todos os
sentidos

É bom que seja assim, do contrário, a vida não faria sentido,e para entendemos-a e amadurecermos só vivendo e encarando o que a vida nos proporciona com toda força que nos for possível.

Com certeza se essas pessoas pensasse melhor e invés de colocar barreiras no seu
próprio caminho, que não possui vontade nenhuma de aprender com a vida e vivê-la de
modo realmente intenso, que a faça melhor a cada momento,viveriam mais felizes...

A verdade é que essas pessoas vazias não acreditam mais em nada, e ainda querem
que os outros não acreditem também, pois, quem perde esperança, perde tudo...
principalmente a felicidade própria e pode ter certeza que na maioria das vezes,
ninguém quer a felicidade de ninguém.

A vida passa e passa de modo rápido, as oportunidades são preciosas passam
rapidamente entre as nossas mãos, devemos saber fechar a mão na hora certa e uma
vez conseguida a oportunidade, uma vez conseguida, deve ser usada com plena
sabedoria e discernimento, isto faz parte da maturidade.

Os golpes duros da vida, que todos passamos e passaremos e precisamos
suportá-los e com desejo e ações para vencê-los, com eles adquirir mais “bagagem
de maturidade” para encarar o que virá pela frente.

Nós. pessoas abertas ao aprimoramento continuamos a suportar com obstinação e
recebemos toques suaves da alma que nos dotam de forças para que nós possamos
crescer com estabilidade e certa rigidez para as adversidades da vida, mas sem
perder a capacidade de receber e viver as dádivas e bênçãos sublimes e perenes
que às vezes vêm aos turbilhões ou em pequenos gestos de amor e modestos
carinhos na alma.

“ O maior dos sábios é aquele que esta sempre aprendendo”, sendo assim, o aprendizado é o motor de nossa vida,sem ele é nula a vida,inválida. É obvio que a sabedoria depende da maturidade, mas cabe a nós tentamos amadurecer continuamente.

Deserte em você o desejo de ser melhor, mas compreenda que para tudo há razão.
O engrandecer na vida é respectivo á abertura que nós damos as lições perenes
que a vida nos oferece e as atitudes que tomamos. Ter maturidade é lutar por seus objetivos.prender a refletir com os erros e acertos.

Reflexão: A pessoa só encontra a felicidade quando ela mesma deixa de ser o
centro de sua vida. O que você deseja realmente? O que você faz para que isso
aconteça? Você ama as Pessoas e se sente bem perto delas?

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Opinião do Dia

"Sonhe com o que você quiser sonhar.
Vá aonde quiser ir.
Esteja aonde quiser.
Porque você só tem uma única vida e uma única chance de fazer todas as coisas que quiser fazer."

Minhas Esquisitices

Quem me conhece profundamente ou que pelo menos teve a chance de conviver comigo, acaba descobrindo que tenho algumas estranhices no minimo engraçadas:comer pipoca com pimenta,escrever quase semi-nu,tomar banho de chuva, Caminhar de madrugada, Sair para comprar pão de pijama, Colecionar frases de banheiro... ops... essa é demais.... Sou viciado em frases de banheiros, não posso ver uma engraçada que já copio e arquivo no meu PC.

Durante essa minha vaga experiência em entrar em banheiros de repartições públicas,banheiros públicos, principalmente aqueles dos colégio, Rodoviária,igrejas percebi que em quase todos os banheiros há algo escrito, geralmente essas frases se concentram nas portas, e penso eu, devem ser escritas durante aqueles momentos de intensa concentração, se é que vocês me entendem.

O fato é que se encontra de tudo um pouco nas portas dos banheiros da vida, as frases vão de ofensas a denuncias que logo viram fofoca no colégio inteiro, é possível ver trechos de poesias de Fernando Pessoa, Drumond, Shakespeare e por aí vai, fora os verdadeiros filósofos existentes e que ainda não foram descobertos, uns anos atrás vi uma dessas frases e pouco depois percebi que eu mesmo a escrevi no meu caderno, mas isso foi no tempo em que eu também escrevia nas paredes e portas de banheiros públicos. Enfim, a frase era: "As lembranças são como a escuridão, quando uma luz se acende ela se afasta, mas não deixa de existir".

Eu sei, eu sei, eu sei, essa é mais uma daquelas frases típicas de quando se está atravessando a adolescência com alguns traumas a mais, mas foi assim mesmo que atravessei toda a minha vida até a pouco tempo.

Acabei me viciando em colecionar estas frases,antes andava até com caneta e papel no bolso,hoje escrevo em mensagens no meu celular,mas vamos ver algumas filosoficas,comicas, romanticas ou de amizade tem muita frase bizarra também, e até ofensivas. Confira as que escolhi para este momento:

- Eu não sou normalmente alguém que ora, mas se você estiver aí em cima, por favor me salve Superman.
- Otimistas são pessimistas mal informados.
- Porque mijas fora se cagas dentro?! Ou tens o pau torto ou o cú fora do centro!
- Aqui neste lugar de meditação. Eu sinto uma inspiração profunda. Quando a m.... bate na água,e a água bate na bun....
- Mulher gorda é que nem Ferrari… quando sobe na balança vai de zero a cem em três segundos.
- Se você é capaz de sorrir quando tudo deu errado, é porque já descobriu em quem pôr a culpa .
- Cante cagando para que a bos... saia dançando
- Cagar é a lei do mundo... Cagar é a lei do universo... Cague Filho da P...Pois cagando eu fiz esse verso...
- Virgindade é coisa que dá e passa!
- A infidelidade e a devolução de um cheque resultam ambas da mesma coisa: falta de cobertura.
- Merda não é tinta e dedo não é pincel, quando for ao banheiro leve papel.
- Sexo é como um jogo de cartas: se você não tiver um bom parceiro, é bom ter uma boa mão.
- La fora você pode ser o cara mas aqui você nao passa de um cagao.
- O café excessivamente quente, em copo de plástico, reduz em dois terços a potência sexual do homem: 1º queima os dedos; 2º queima a língua.
- Feliz é o dono de sex shop que pode dizer: Pegue suas coisas e vá se foder…
- Não adianta balançar...o último pingo sempre é da cueca.
- Eva era tão ciumenta, que todas as noites contava minhas costelas.
- Existem três frases que vão levar sua vida em diante: "Não diga que fui eu", "Já estava assim quando cheguei" e "Oh que boa idéia chefe.
- Aqui é o lugar onde o coração treme e o valente geme
- Se der vontade de beber nóis bebe, se der vontade de comer nóis come se der vontade de trabalhar nóis dorme e espera a vontade passaR
- Casamento é a única instituição onde se conquista a liberdade por mau comportamento.
- Peido é um telegrama que vem vindo do intestino,a visando o chefe cu que o trem bosta ja vem vindo
- A vida é assim, vc se esforça, faz de tudo pra sai perfeito, as vezes se machuca e até grita, + no final n tem otro jeito, acabaem merda!
- Aqui termina a obra de um grande cozinheiro"
- Viajei o mundo inteiro e nunca vi banheiro assim. Nao sei se é eu que cago nele
ou se é ele que caga em mim!

Podem até achar meio vulgar essa situação, mas como poderia explicar se gosto do estilo!!! e venham me dizer que vocês nunca leram uma dessas frases por ai,ou na adolescência nunca deram uma canetada numa parede de banheiro...Tá cheiroso!!!

ETA MUNDINHO DIFÍCIL

Não sei se é pessimismo meu, mas acredito que as coisas não estão caminhando assim tão bem pra mim há cerca de um ano. Houve muitos momentos excelentes e maravilhosos, mas de modo geral tudo vai indo aos tropeços. A sorte resolveu dar um tempinho e, como diria meu amigo Clenis, “se eu comprar um circo o anão cresce!”.

Infelizmente em muitas ocasiões acabei percebendo que as pessoas são muito egoístas e não se importam com mais nada e mais ninguém exceto o próprio umbigo. E além de só preocuparem-se consigo mesmas, elas ainda fazem coisas somente no intuito de prejudicar ao próximo.

Estou passando por situações claras de que essa é a realidade atual. Quer ver só?

Nas minhas aventuras pela Admnistração do esteriotipo Vanderley, acabei me ausentando da equipe de uma forma,que fui agredidomoralmente e ferido mortalmente na minha honra e postura profissional.

Como se não bastasse acabei tendo que assegurar meus direitos judicialmente,lá se vai quatro ações judiciais, movidospor minha pessoa contra o município de Xapuri e os responsáveis pelasofensas a mim proferidas. Entre sentenças em primeira instancias, Recursos e Sentença final lá se foram bons dias de trabalho.

Na minha vida pessoal acabei me decepcionando com meus amigos mais proximos, pois acabei descobrindo que o melhor desabafo que se pode fazer épara um gravador digital, depois ouvir tudo,refletir e deletar posteriormente.

Na minha vida sentimental foi um big bang...prefiro nem comentar...

Minha saude, foi um desastre depois de alguns dignótiucos em relação às minhas restrições devido minha diabets acabei,perdendo alguns dias para compromissos médicos,fora a obrigação de deixar de lado algumas coisinhas boas... picanha... cervejinha...meu doce de mamão com castanha...melhor nem lembrar...

Na atuação política... desci na balsa....kkkkkkkkkkkk

E por que eu estou contando isso tudo? Porque eu sou muito honesto. Sempre me esmero em fazer as coisas direito. Bem feitas. Dentro da lei. Pago caro pelo meus erros e espero que as pessoas tenhan a mesma. Por que as pessoas que não são assim são mais bem sucedidas? Minha mãe costuma dizer que sou ingênuo. Talvez eu seja mesmo, pois eu acredito em um mundo melhor. Acredito que se todos fizerem a sua parte a humanidade tem futuro. Sabe aquela musiquinha: “Faça parte. Faça a sua parte, E dê a melhor parte de você.”, então eu faço o melhor que posso. Sei que sou um grão de areia na praia, mas todos podiam fazer também e as coisas progrediriam. Ou não?

Certas vezes me pego pensando que deveria fazer como todo mundo, depois me lembro que meus pais me ensinaram quando eu era criança que não devemos fazer para ninguém o que não queremos que os outros façam para nós. Então, vou continuar honesto, sincero e ingênuo acreditando que um dia as pessoas poderão ver as coisas por outro ângulo: o do outro!

Dificil..né....

Acho que deve ser feito um Plebiscito!!!!

Não aquento mais,as discurssões acerca da discriminilação do aborto, já foi vetado no Projeto de Lei e os meios de comunicação ainda insistem em discutir tal questão se. mas sabem de uma coisa sou totalmente a favor da descriminalização – ou legalização, como queiram – do aborto.

Primeiro porque, a despeito de eu ser católico – ou talvez até por isso – acredito no direito de cada um exercer o livre arbítrio e que somente a Deus cabe julgar o pecado de cada um. Costumo dizer que a minha doutrina religiosa condena o aborto e que eu, provavelmente, não permitiria que um feto originado de mim e gerado por uma mulher,fosse abortado. Porém sou realista. O que dizer da gravidez de uma menina de 16 anos, solteira, estudante, pré-vestibulanda, de família simples, com pais autoritários e sem estrutura financeira? Ela tem – teve ou terá – as mesmas oportunidades de escolher sensatamente sobrea vida que irágerar???? Eu diria que não... E justamente por este motivo não a julgo. Não a condeno. Eu realmente não sei o que é ser ela e estar no lugar dela. By the way, agradeço a Deus por não ser eu a ter que tomar esta decisão.

Segundo porque o Estado é – ou ao menos deveria ser – laico. O Brasil é multi-cultural, multi-étnico e o berço das mais diversas expressões de fé – e mesmo da ausência dela. Por que não respeitar isso?

E terceiro porque é muita hipocrisia dizer que não se faz abortos neste país só porque é ilegal. Quem quer mesmo fazer um aborto encontra um jeito de conseguir. E o faz sem nenhum acompanhamento psicológico ou médico, pelas mãos de um açougueiro qualquer e sujeita a toda sorte de infecções e riscos. Quem não sabe de algum caso de aborto pela nossa cidade,das pilulas de citotex comprados em cobija e fazem o maior sucesso nas noites Xapurienses???

Alguns podem até me condenar por estar expondo tal opinião, mas tenho algumas “verdades” de caráter estritamente pessoal sobre o assunto.

Diferentemente da maioria, por exemplo, acho que a decisão sobre o assunto cabe única e exclusivamente à gestante. No fim das contas o filho será dela, o ônus será dela e as renúncias serão dela. Sim porque quando os “pais” cismam, vão embora no dia seguinte sem olhar para trás e quem é que fica com o rebento? Naturalmente a moça – ou a mãe da moça – mas certamente eles não levam os bebês junto com eles ao partir. Então eu pergunto: questionar o pai quanto ao aborto para quê, exatamente?
Vejam as mães solteiras. Elas é que não vão para as festas, elas é que levam ao médico, elas é que buscam na escola e são elas que se viram para fazer e acontecer todos os dias. Por que não dar a elas a oportunidade de escolher se é mesmo esta vida que querem para si? Eita achoque soou muito feminista essa opinião...mas vamos deixar como estar...

Sempre que converso com alguém sobre o assunto digo que até que o projeto de bebê se torne um bebê de fato – ou ao menos até que ele possa (sobre)viver sozinho – ele nada mais é do que um apêndice do corpo da mãe. recentemente Li uma matéria sobre o assunto, onde um genecologista Explicava que entre outras coisas, de forma bastante científica exatamente o que eu disse logo acima. A-DO-REI!

A favor da minha opinião faço uso de exemplos práticos a fim de provar o meu ponto de vista. Para a pauta em questão utilizo-me de dois exemplos bastante simples:
a. Digamos, por hipótese, que uma mulher com 8 semanas de gestação sofre um infarto agudo do miocárdio e morre. O que acontece com o feto? Obviamente morrerá também posto que ele não tem a mínina possibilidade de sobreviver sozinho.
b. Consideremos, hipoteticamente, uma mulher grávida de 10 semanas. Determinado dia ela sai para trabalhar, é atropelada e morre. A pessoa que lhe tirou a vida responderá por crime de duplo homicídio? Não. Se alguém atropelar e matar uma gestante ele responderá por crime de homicídio culposo – por ter matado a mãe – sem qualquer prejuízo pela morte o nascituro. Estranho ser crime quando a mãe "mata" o feto e não o ser se a morte for provocada por outrem, não?

O fato é que sem o corpo da mãe a tal vida não se mantém. Os defensores das leis anti-aborto habitualmente fazem uso da Constituição Federal para basear seu argumento: é garantido a todo brasileiro o direito à vida. Pois bem, vou utilizar da mesma Constituição Federal para argumentar: é garantido a todo brasileiro o direito à liberdade. Por que então não garantir para a “futura mamãe” a liberdade de decidir o próprio destino? Dar a ela o amparo psicológico e médico para escolher. Dar a ela a chance de não morrer em uma clínica clandestina.

Respeito aqueles que possuem opiniões contrárias a minha, mas não posso deixar de dizer que os considero demasiadamente hipócritas. E justifico: quantos engravidaram adolescentes? Quantos passam necessidade e não têm o que dar para comer aos filhos? Quantos geraram filhos deficientes sem ter condições de ampará-lo? Talvez alguns, mas certamente não são os 65% da população que se declara contra a legalização - dado apontado na última pesquisa de opinião sobre o assunto. É muito fácil falar quando a pimenta cai nos olhos dos outros. É fácil decidir quando o problema é no vizinho e não na própria casa. É fácil escolher quando a suposição é distante da realidade.

Gostaria de ver tal discursão nas urnas. Gostaria de ver cada brasileiro fazer valer o seu direito de voto. Ainda que o “SIM” perdesse e que a lei se mantivesse tal como está. Porque o que eu queria mesmo era poder ver um debate aberto, em rede nacional de rádio e TV, dando informação porque independentemente do resultado, o que o Brasil precisa é de conscientização. Hoje se fala de forma tendenciosa e distorcida. Extremista para os que são pró e também para os que são contra. Todo extremismo é maléfico. O Osama Bin Laden hoje é um terrorista, mas ele começou lutando por uma causa e a levou ao extremo...

Em tempo: para os católicos e muito mais para os evangélicos fervorosos de plantão vai um trechinho importantíssimo que foi publicado numa matéria da Jornal Folha de São Paulo: “O fato – geralmente ignorado – é que a Igreja considerou, de modo absolutamente explícito e oficial, até meados do século XIX, que o embrião só se torna um ser vivo, e que o aborto só é, portanto, homicídio, a partir do 40º dia depois da concepção – e, para as meninas, a partir do 80º dia. É o que diz São Tomás de Aquino, o teólogo que mais autoridade possui na Igreja Católica; é o que repetem Sixto V e Gregório XIV; é o que ensina o catecismo romano de Pio IV e Pio V. E se a Igreja mudou depois, não é por razões teológicas, mas – como diz Bento XVI – em função do que ela acredita ser afirmado pela ciência moderna.”

Controvérsias???? Estou aberto ao debate.....

Os poderosos roubam, os povos pagam

Escrito por Waldemar Rossi

A imprensa vem nos contemplando com notícias, artigos e entrevistas sobre a crise financeira que abala o mundo capitalista (por acaso tem outro mundo?). Entre tais comentários, duas idéias básicas se opõem: a) trata-se dos estertores do modelo, o capitalismo estaria chegando ao seu fim histórico; b) são crises habituais do sistema, portanto, trata-se de mais uma fase passageira e o capital se recompõe. Claro que existem posições que contemplam parte de cada uma dessas duas visões, relativizando-as. Essas, porém, têm sido bem mais escassas.

Entretanto, o que deveria merecer maiores comentários dos analistas, pelo ponto de vista do interesse popular, são as saídas que os governantes tentam encontrar para as mega-empresas envolvidas em grandes e espetaculares jogadas financeiras, conscientemente sob riscos enormes. Os grandes enfoques têm sido sobre os mega-empréstimos (ou doações?) que os respectivos Erários Públicos vêm lhes fazendo a fim de evitar suas falências, sem mostrar quem, de fato, estará pagando a conta da bancarrota financeira. Bancarrota que envolve empreiteiras no ramo da construção civil e os grandes bancos que sustentam seus grandes empreendimentos. Este comentário, sobre quem paga a crise, não está aparecendo na mídia, pois não interessa ao capital e nem aos governos a ele vendidos.

O governo alemão, por exemplo, agiu rapidamente para evitar que a Hypo Real State (empresa que faz empréstimos para construtoras erguerem escritórios e hotéis de luxo) entrasse em falência. Concedeu-lhe dois mega-empréstimos: 35 bilhões de euros de início, seguidos de outros 15 bilhões, e que não resolveram a parada. Segundo o Ministro das Finanças alemãs, o empréstimo visa evitar que "o setor bancário entre em colapso". A Espanha está disponibilizando mais de 20 bilhões de euros; Irlanda, Portugal, Suécia, Islândia e Dinamarca seguem o mesmo caminho. O conjunto dos países da CEE (Comunidade Econômica Européia) já garante cerca de 1,6 trilhão de euros (cerca de 4,8 trilhões de reais). Mas esses administradores do capital não estão anunciando que todo esse dinheiro sai da arrecadação tributária, portanto, dinheiro que sai compulsoriamente do bolso dos seus contribuintes.

E no Brasil, o que vem acontecendo? Como de praxe, o governo negando que haverá socorro aos bancos. Mas também como de praxe, vai tomando medidas para que o dinheiro do orçamento nacional esteja à disposição de empresas que tiverem dificuldades financeiras: menos de uma semana depois de o governo negar a existência de um pacote para minimizar os efeitos da crise bancária internacional no Brasil, o presidente Lula deu ontem carta branca para o Banco Central implementar uma série de medidas para socorrer bancos e empresas com problemas.

Além de fazer leilões de linhas de financiamento em dólar para suprir exportadores, o BC poderá "comprar" carteiras de crédito dos bancos e conceder empréstimos em moeda estrangeira para instituições que precisarem. (caderno dinheiro, Folha S.Paulo, B1– 07/10/08).

É a chamada farra financeira com dinheiro do povo. Durante todos esses anos, o governo brasileiro fez grandes concessões às empresas exportadoras para que seus lucros aumentassem extraordinariamente, assim como remeteu mais de 800 bilhões de reais para os bancos. Enquanto dizia para o povão que era necessário reduzir os gastos do governo para garantir equilíbrio orçamentário, cujos cortes sempre foram efetuados sobre a área do orçamento destinada aos setores sociais e ao desenvolvimento interno – aquele desenvolvimento econômico que se faz sobre os potenciais nacionais e que não fica dependente do humor do capital externo. E o povo vinha pagando caro para que tal política vingasse. A reforma tributária, por exemplo, facilitou a vida das empresas diminuindo seus tributos e jogando o ônus para o povo consumidor, mantendo assim a elevação da arrecadação. Tais empresas acumularam lucros incríveis, enquanto o padrão de vida do povo vem caindo progressivamente.

Agora que aflora mais uma crise do próprio sistema – que muitos analistas dizem ser passageira – nossos governantes tiram mais dinheiro pertencente ao povo para doá-lo aos que se dizem "atingidos pela crise". Assim, as áreas que dizem respeito à qualidade de vida da população passarão por novos cortes. Não tinha dinheiro para fazer a constitucional reforma agrária, não tinha dinheiro para investir nos carentes setores da saúde e da educação públicas, assim como não tinha para a preservação do meio-ambiente, para o saneamento básico, para a construção das ferrovias nacionais... Mas tem dinheiro DO POVO para entregar de mão beijada aos exploradores do povo.

E o povo desinformado, ou mal informado pela nefasta mídia, vai dando cacife para nossos governantes. São crimes que clamam por justiça!

Waldemar Rossi é metalúrgico aposentado e coordenador da Pastoral Operária da Arquidiocese de São Paulo.

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Frase do Dia

"Prefira afrontar o mundo servindo à sua consciência a afrontar a sua consciência para ser agradável ao mundo."
(Humberto de Campos)

Hoje também é o meu Dia!!!

Dia 15 de outubro, é uma data muito especial: o Dia do Professor. Ensinar, dedicar-se a ajudar o outro e outras tantas funções são destinadas, ou melhor, confiadas a este profissional.

Para este simples educador que nunca abandona a toga do magistério, ser professor é ter amor ao ofício e apesar dos inúmeros problemas para ser professor é necessário ter vocação. Apesar das complicações que enfrentamos no nosso dia-a-dia, é gratificante fazer parte dessa categoria.

Surgimento da data
No dia 15 de outubro de 1827 (dia consagrado à educadora Santa Tereza D’Ávila), D. Pedro I baixou um Decreto Imperial que criou o Ensino Elementar no Brasil. Pelo decreto, “todas as cidades, vilas e lugarejos tivessem suas escolas de primeiras letras”. Esse decreto falava de bastante coisa: descentralização do ensino, o salário dos professores, as matérias básicas que todos os alunos deveriam aprender e até como os professores deveriam ser contratados. A idéia, inovadora e revolucionária, teria sido ótima - caso tivesse sido cumprida.

Mas foi somente em 1947, 120 anos após o referido decreto, que ocorreu a primeira comemoração de um dia dedicado ao Professor. Começou em São Paulo, em uma pequena escola no número 1520 da Rua Augusta, onde existia o Ginásio Caetano de Campos, conhecido como “Caetaninho”. O longo período letivo do segundo semestre ia de 01 de junho a 15 de dezembro, com apenas 10 dias de férias em todo este período. Quatro professores tiveram a idéia de organizar um dia de parada para se evitar a estafa – e também de congraçamento e análise de rumos para o restante do ano.

O professor Salomão Becker sugeriu que o encontro se desse no dia de 15 de outubro, data em que, na sua cidade natal, professores e alunos traziam doces de casa para uma pequena confraternização. Com os professores Alfredo Gomes, Antônio Pereira e Claudino Busko, a idéia estava lançada, para depois crescer e implantar-se por todo o Brasil.

A celebração, que se mostrou um sucesso, espalhou-se pela cidade e pelo país nos anos seguintes, até ser oficializada nacionalmente como feriado escolar pelo Decreto Federal 52.682, de 14 de outubro de 1963. O Decreto definia a essência e razão do feriado: "Para comemorar condignamente o Dia do Professor, os estabelecimentos de ensino farão promover solenidades, em que se enalteça a função do mestre na sociedade moderna, fazendo participar os alunos e as famílias".

E a você que como eu também é apaixonado pelo ofício deixo um poema de autor desconhecido,mas que muito representa o espirito dos nossos nobres Mestres!!!

"As bolas de papel na cabeça,
Os inúmeros diários para se corrigir,
As críticas, as noites mal dormidas...
Tudo isso não foi o suficiente
Para te fazer desistir do teu maior sonho:
Tornar possíveis os sonhos do mundo.
Que bom que esta tua vocação
Tem despertado a vocação de muitos.
Parece injusto desejar-te um feliz dia dos professores,
Quando em seu dia-a-dia
Tantas dificuldades acontecem.
A rotina é dura, mas você ainda persiste.
Teu mundo é alegre, pois você
Consegue olhar os olhos de todos os outros
E fazê-los felizes também.
Você é feliz, pois na tua matemática de vida,
Dividir é sempre a melhor solução.
Você é grande e nobre, pois o seu ofício árduo lapida
O teu coração a cada dia,
Dando-te tanto prazer em ensinar.
Homenagens, frases poéticas,
Certamente farão parte do seu dia a dia,
E quero de forma especial, relembrar
A pessoa maravilhosa que você é
E a importância daquilo do seu ofício.
É por isto que você merece esta homenagem
Hoje e sempre, por aquilo que você é
E por aquilo que você faz.
Felicidades!!!

Feliz dia dos Mestres!!!!

Relembrar é Viver!!!!

Hoje, resolvi abrir meu arquivo de memórias dos presentes e afagos recebidos dos amigos, tudo isso por que fui presenteado pelo colega Carlos por coleção de Cds de musicas dos anos60 aos 90,pela passagem do dia do Mestre. Gostei tanto da idéia que acabei ouvindo um dos Cds várias vezes.

Junto com a coletânea, o sacana colocou um bilhete bem descontraído que li e guardei em uma caixa que carinhosamente chamo de Baú da Saudade . Porém, ao abrir o tal baú comecei a ler outros bilhetes e cartas já amarelados pelo tempo. Fui-me entretendo e me deixei levar por aquelas doces lembranças. O saudosismo tomou conta de mim e fiquei umas três horas com o meu ‘mofo’.

Mofo, é assim que minha mãe chama os assuntos que remetem ao passado. Aliás, quem não tem seus mofos? A verdade é que reler aqueles bilhetes e cartas fez-me um bem danado!

Talvez minha mãe esteja certa de chamar meu baú da saudade de mofo, mas gosto de me embrenhar no meu passado e lá, às vezes, acho as soluções para umas coisas do presente. Essa releitura trouxe-me algumas certezas: sou muito querido por umas poucas pessoas; gosto muito de algumas pessoas que sequer sabem que estão no meu baú, mas saberão agora; nos últimos quatro anos não tenho recebido cartões de natal nem bilhetes.

Acredito que a internet e o telefone celular mudaram o jeito romântico que tínhamos de escrever um recado quando não encontrávamos alguém em casa ou no trabalho. Agora ficou fácil... e anti-romântico. Se a pessoa não está, a gente envia um correio eletrônico ou liga no celular dela, e pronto, o recado está dado. Acredito que a internet e o celular afastaram os colegas de me escreverem cartas e cartões de felicitações ou das paqueras . Aí surge a pergunta, já que não se escrevem mais cartas e bilhetes, como será o baú dos nossos netos? Talvez seja um ‘blog’ na internet com a desvantagem que muita gente saberá o conteúdo do ‘blogaú’. O baú convencional tem a magia de que somente o dono sabe o que tem lá dentro e lembra-se do momento e das situações em que cada bilhete foi escrito.

O que chamo de Baú da Saudade na verdade é uma Caixinha de madeira,que guardo carinhosamente sob meu quarda-roupas, que segundo minha mãe pertencia a meu Pai. Pela primeira vez com a minha mente fertil percebi que o forro interno da tampa é revestido com cinco faixas nas cores rosa, azul, amarelo, laranja e verde. Agora me dei conta que são as mesmas cores da bandeira do movimento GLS – Gays, Lésbicas e Simpatizantes.

Bem,mas no meu Baú da Saudade pude encontrar:
23/12/1994 – cartão de natal da migo Sabrina;
06/05/1992 - cartinha que mefoi entreque por em homenagem a a uma paixão proibida: “Iludidos... nós dois, seguimos lado a lado com passos firmes e seguros. E assim, caminhas ao meu lado como um desconhecido qualquer. Quem há de imaginar o que aconteceu entre nós? Eu, na hipocrisia da ilusão com que iludo a vida. E, tu na esperança de outras vezes se envolver em meus braços e sermos felizes momentaneamente. Pessoa alguma, jamais pensa ou advinha. Eu não direi e também tu não demonstras que um dia eu fui teu e tu fostes meu. São inúmeras as noites, que penso até quando continuaremos infelizes, alimentando essa hipócrita ilusão”;
1992 – fotografia dos amigos do Divina Providência na semana da Pátria;
1994 – Cartas dos colegas de aula, quando estiveinternadopor esgotamentofísico;
18/08/1989 – marcador de livro presenteado pela Professora Fátima Sarkis: “Joscíres, obrigado pela amizade”;
12/04/200 – Carta da ex-namorada Cassiane de Capixaba, boaslembranças
1990 – slides com fotos dosMoradores da Antiga União Baiana -Primeira Organização de agricultores de Xapuri;
12/01/2003 – carta do erterno Amigo Caleb...”
28/06/2005 – bilhete com assinatura não identificada: “Obs.: I- não estude demais; II- Cuide para não ficar gripado”;
27/12/2002 – cartão natalino do saudoso amigo Tadeu: “...que o tempo não apague nossas lembranças e nossa amizade”;
23/12/1996 – cartão natalino da amiga Nilde: “Mude apenas para o melhor de você”;
Data provável 1998 - bilhete de uma aluna. Nunca rolou nada entre nós e não o rasguei como forma de me defender de algum possível assédio moral: “Estou afim de você, no começo te achava um pouco chato mas agora dá para lhe aturar... Caso a resposta seja sim, não rasgue este bilhete e não mostre para ninguém”.
15/10/2000 – um Poema do 2. ano de formação:
Joscires!!! Potinho de mel, que tem nos olhos pedacinhos de céu.
Rios de ternura, coração, ás vezes espalhando SEENTES de emoção.
Viva a alegria contida, pro mundo sentir seu gosto, que gostar tem gosto de ...vida!
Data provável 15 de outubro de 1992/1999 – carta da aluna Juranice em homenagem ao Dia do Professor: “professor, olhe bem para este mundo quanta coisa o homem fez... fez o ferro, o aço, as pirâmides do Egito, castelos, templos majestosos, na medicina fez transplantes... Feliz dia do Professor”;
14/02/1999 - Uma carta da sempre amiga Neide, onde ela me chama de “querido dádiva de Deus”;
30/08/1998 – uma folha de caderno dos meus alunos escrita em letras pretas bem grandes: “Fã clube Rios de amor!!!”
Sem data – bilhete de uma aluna anônima: “Se jogares fora este cartão, me ama; se rasgares me adora; se deres alguém me deseja; se rabiscares gosta de mim; se guardares por mim choras; se devolveres quer um beijo meu; se queimares quer namorar comigo; se quiseres namorar comigo, dobre-o”;
Sem data – uma carta de 2,80 metros da aluna Vera, com as palavras Viver, Felicidade, Amor, Sorriso e Esperança;
Sem data – bilhete não assinado de uma aluna engraçadinha: “Jocire, você com esse corpo tão musculoso e essas pernas de saracura... te amo demais”.
e Fotos e muitas fotos....

Pude perceber também que na verdade sou produto de cada pessoa do meu baú. Cada uma individualmente tem uma importância inimaginável para construção do meu ser.
Quando voltei do passeio pelos meus mofos, vi que minha casa e minha vida estão repletas de anti-mofos. Os meus baús estão cheios de boas lembranças e de pessoas importantíssimas.

Obrigado meus amigos!!!!