Caros Leitores, desde a sua criação o Blog Xapuri News, o intuito sempre foi de ser mais um espaço democrático de noticias e variedades, diretamente da Princesinha do Acre - Terras de Chico Mendes - para o mundo, e passará momentaneamente a ser o instrumento de divulgação das Ações da Administração, Xapuri Nossa Terra, Nosso Orgulho, oque jamais implicará em mudança no estilo crítico das postagens.

terça-feira, 29 de abril de 2008

A Devida Resposta para um Mal Informado



Recebi um email pouco amistoso onde chamava-me de mal informado em relação a Fabrica de Camisinhas de Xapuri devido algumas Postagens efetuadas neste blog. Como o remetente apenas se identificou como criticoxapuri@gmail.com, não me é possível adjetiva-lo, porém sei que é um covarde já que sequer tem a coragem de identificar-se quando de sua exposição de seu ponto de vista.

A priori respondendo a ofensa de mal informado, talvez o mal informado não seja este profissional, mas o caro anônimo, que nesse ínterim garanto que desconhece os princípios administrativos do empreendimento. Como sou técnico e não babão de políticos e apadrinhados políticos vou novamente como de costume colaborar com o nobre colega anônimo, listando informações técnicas acerca do empreendimento para que se o nobre colega for detentor de mínima inteligência possa procurar informações mínimas para que depois possa ousar a discutir investimentos na fábrica de camisinhas comigo.

Um bom momento também para que muitas pessoas que ainda desconhecem verdadeiramente quem são os responsáveis pela fabrica de camisinhas, de onde saiu o dinheiro qual a ideologia do projeto, possam ter acesso às informações que por incrível que pareça não estão disponíveis na internet

Então Vamos Lá:
Identificação do Projeto e Admnistração
Título: FÁBRICA DE PRESERVATIVOS MASCULINOS DE XAPURI
Endereço: ESTRADA DA BORRACHA, KM 06
Município: XAPURI
CEP: 69917100
E-Mail: gabinete.funtac@ac.gov.br Web: http://www.funtac.ac.gov.br
Contato: JOÃO CÉSAR DOTTO
Cargo/Loc.Trab: DIRETOR FUNTAC
Programa/Ação: PROES-Prog.ApoioInfra-Estrutura Econômica e Social;PSH-FINANCIAMENTO / Prog. Subs. Habit. Int. Soc. com Financ.
Identificador: ACRE PRESERVE
Municípios Beneficiados: BRASILEIA,AC - CAPIXABA,AC - XAPURI,AC
UF: AC

Organizações Financiadoras e Grupos-Chave Envolvidos no Projeto
Nome: FUNDAÇÃO DE TECNOLOGIA DO ESTADO ACRE/FUNTAC
CNPJ: 34700153000163
Endereço: AVENIDA DAS ACÁCIAS LOTE 01 ZONA A DISTRITO INDUSTRIAL
Fax: 32291665 Fone: (68) 32292994
Município: RIO BRANCO UF: AC
País: BRASIL CEP: 69917100
E-Mail: gabinete.funtac@ac.gov.br Web: www.funtac.ac.gov.br
Contato: JOÃO CÉSAR DOTTO
Cargo: DIRETOR
Tipo Instituição: Fundação

Nome: FUNDO NACIONAL DE SAUDE/FNS
CNPJ: 530493000171
Endereço: ESPLANADA DOS MINISTERIOS BL.G ED.ANEXO ALA A SALA 205
Fax: Fone: (61) 33152777
Município: BRASILIA UF: DF
CEP: 70058900 País: BRASIL
E-Mail: Web:
Contato: PAULO LUSTOSA
Cargo: PRESIDENTE
Tipo Instituição: Governo Federal
Nome: FUNDACAO NACIONAL DE SAUDE/FUNASA
CNPJ: 26989350000116
Endereço: SAS QUADRA 4 BLOCO N
Fax: 3313118 Fone: (61) 32236798
Município: BRASILIA UF: DF
CEP: 70070004 País: BRASIL
E-Mail: Web: www.funasa.gov.br
Contato: FLAVIA GUERRA
Cargo: SUPERINTENDENTE
Tipo Instituição: Governo Federal

Nome: SUPERINTENDENCIA DA ZONA FRANCA DE MANAUS/SUFRAMA
CNPJ: 4407029000143
Endereço: AVENIDA MINISTRO MARIO ANDREAZZA DISTRITO INDUSTRIAL
Fax: 32376549 Fone: (92) 32211529
Município: MANAUS UF: AM
CEP: 69075830 País: BRASIL
E-Mail: Web:
Tipo Instituição: Agência Bilateral

Nome: MINISTERIO DA SAUDE
CNPJ: 394544000185
Endereço: ESPLANADA DOS MINISTERIOS BLOCO G
Fax: Fone: (61) 33152233
Município: BRASILIA UF: DF
CEP: 70058900 País: BRASIL
E-Mail: Web:
Contato: ARIONALDO BONFIM ROSENDO
Cargo: DIRETOR
Tipo Instituição: Governo Federal

Nome: MINISTERIO DA INTEGRAÇÃO
CNPJ: 3353358000196
Endereço: ESPLANADA DOS MINISTERIOS BLOCO E
Fax: 34145735 Fone: (61) 34145762
Município: BRASILIA UF: DF
CEP: 70067901 País: BRASIL
E-Mail: Web: www.integração.gov.br
Cargo: OUTROS TRABALHADORES DE NÍVEL SUPERIOR
Tipo Instituição: Governo Federal

Nome: CAIXA ECONOMICA FEDERAL
CNPJ: 360305000104
Endereço: RUA CORONEL JOSE GALDINO, 479, BOSQUE
Fax: 21063201 Fone: (68) 21063200
Município: RIO BRANCO UF: AC
CEP: 69909760 País: BRASIL
E-Mail: gidurrb@caixa.gov.br Web: www.caixa.gov.br
Contato: AERIF AMIM MATTAR
Cargo: GERENTE
Tipo Instituição: Empresa Pública

Nome: DEPARTAMENTO ESTADUAL DE AGUAS E SANEAMENTO/DEAS
CNPJ: 2405085000113
Endereço: AVENIDA BRASIL,346 - CENTRO
Fax: Fone: (68) 32233990
Município: RIO BRANCO UF: AC
CEP: 69900100 País: BRASIL
Contato: JOSE BESTENE
Cargo: DIRETOR
Tipo Instituição: Governo Estadual
Tipo Apoio: Técnico

Nome: SECRETARIA ESTADUAL DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO SUSTENTAVEL/SEPLANDS
CNPJ: 4034518000105
Endereço: AVENIDA GETULIO VARGAS,232 - CENTRO
Fax: Fone: (68) 32240481
Município: RIO BRANCO UF: AC
CEP: 69900660 País: BRASIL
Contato: GILBERTO DO CARMO LOPES SIQUEIRA
Cargo: Secretário Estadual
Tipo Instituição: Governo Estadual
Tipo Apoio: Político e Técnico

Nome: SECRETARIA DE EXTRATIVISMO E PRODUÇÃO FAMILIAR/SEPROF
CNPJ: 3149084000118
Endereço: AVENIDA NACOES UNIDAS, 2604 - ESTAÇÃO EXPERIMENTAL
Fax: Fone: (68) 32264365
Município: RIO BRANCO UF: AC
CEP: 69908620 País: BRASIL
E-Mail: gabinete.seater@ac.gov.br Web: www.ac.gov.br
Contato: NILTON COSSON
Cargo: Secretário Estadual
Tipo Instituição: Governo Estadual
Tipo Apoio: Técnico

Nome: ASSOCIACAO DOS PRODUTORES E AGRICULTORES FAMILIARES DO ACRE/ASPAFA
CNPJ: 5503329000199
Endereço: SERINGAL FLORESTA,COLOCAÇÃO RIO BRANCO, RAMAL DO GUARANI KM 22 - RESEX CHICO MENDES
Fax: Fone: (68) 99747622
Município: XAPURI UF: AC
CEP: 69930000 País: BRASIL
Contato: RAIMUNDO MENDES DE BARROS
Cargo: PRESIDENTE
Tipo Instituição: Organização Comunitária de Base
Tipo Apoio: Outros

Nome: ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES E PRODUTORES DA RESERVA EXTRATIVISTA CHICO MENDES/AMOREX
CNPJ: 393247000115
Endereço: RUA 06 DE AGOSTO - CENTRO
Fax: Fone: (68) 99747622
Município: XAPURI UF: AC
CEP: 69930000 País: BRASIL
Contato: RENATO FERREIRA RIBEIRO
Cargo: PRESIDENTE
Tipo Instituição: Organização Comunitária de Base
Tipo Apoio: Outros

Nome: MINISTERIO DA CIENCIA E TECNOLOGIA
CNPJ: 3132745000100
Endereço: ESPLANADA DOS MINISTERIOS BLOCO E -
Fax: 33177997 Fone: (61) 33717505
Município: BRASILIA UF: DF
CEP: 70067900 País: BRASIL
E-Mail: ministro@mct.gov.br Web: www.mct.gov.br
Contato: SERGIO MACHADO RESENDE
Cargo: OUTRO NÃO LISTADO
Tipo Instituição: Governo Federal
Tipo Apoio: Político e Técnico

Nome: SINDICATO DOS TRABALHADORES RURAIS DE XAPURI
CNPJ: 4075461000184
Endereço: RUA BENJAMIN CONSTANT, 264 - CENTRO
Fax: Fone: (68) 35422404
Município: XAPURI UF: AC
CEP: 69930000 País: BRASIL
E-Mail: strdexapuri@hotmail.com
Contato: DERCY DE CARVALHO CUNHA
Cargo: PRESIDENTE
Tipo Instituição: Associativa Empresarial
Tipo Apoio: Outros

Nome: COOPERATIVA AGROEXTRATIVISTA DE XAPURI/CAEX
CNPJ: 14364681000181
Endereço: RUA 6 DE AGOSTO, 268 - CENTRO
Fax: 35423085 Fone: (68) 35423085
Município: XAPURI UF: AC
CEP: 69930000 País: BRASIL
E-Mail: ccaex@bol.com.br
Contato: LUIS IRIS DE CARVALHO
Cargo: PRESIDENTE
Tipo Instituição: Organização Comunitária de Base
Tipo Apoio: Outros

Nome: SECRETARIA ESTADUAL DE INFRA-ESTRUTURA, OBRAS PÚBLICAS E HABITAÇÃO/SEOP
CNPJ: 3123324000105
Endereço: VIA CHICO MENDES, 805 - BAIRRO TRIÂNGULO
Fax: Fone: (68) 32239816
Município: RIO BRANCO UF: AC
CEP: 79901180 País: BRASIL
Contato: EDUARDO NUNES VIEIRA
Cargo: OUTRO NÃO LISTADO
Tipo Instituição: Governo Estadual
Tipo Apoio: Técnico

Perfil Financeiro – de onde e quando veio o dinheiro.
Ano Razão Social Valor ($) Origem (%)
2004 MINISTERIO DA SAU 494.125,00 OGU - Recursos da União 1,67
2005 CAIXA ECONOMICA FEDERAL 4.989.983,00 OGU - Recursos da União 16,88
2005 MINISTERIO DA SAUDE 6.371.921,00 OGU - Recursos da União 21,56
2006 CAIXA ECONOMICA FEDERAL 204.032,00 FGTS - Recursos do FGTS 0,69
2006 FUNASA 1.050.000,00 OGU - Recursos da União 3,55
2006 FUNDO NACIONAL DE SAUDE/FNS 80.000,00 OGU - Recursos da União 0,27
2006 MINISTERIO DA INTEGRAÇÃO 1.415.732,00 OGU - Recursos da União 4,79
2006 MINISTERIO DA SAUDE 4.424.689,00 OGU - Recursos da União 14,97
2007 FUNASA 2.218.000,00 OGU - Recursos da União 7,5
2007 MINISTERIO DA SAUDE 5.114.326,00 OGU - Recursos da União 17,3
2007 SUFRAMA 3.195.000,00 OGU - Recursos da União 10,81
Total : 29.557.808,00

Resumidamente os Objetivos Visados pela Fabrica são:
O projeto objetiva: promover a conservaçao da cobertura vegetal da maior área extrativista do Estado, contribuindo para o desenvolvimento auto-sustentável do Acre por meio da geração de emprego e renda nos municípios de Xapuri, Capixaba, Epitaciolandia e Brasiléia, fortacelendo a economia extrativista do látex nativo, agregando valor como forma de elevar a qualidade de vida dos seringueiros através da implantaçao de uma fábrica de preservativos masculinos, no município de Xapuri, com capacidade de produção de 100 milhões de unidades de preservativos/ano a partir de látex de seringal nativo.

Segundo relatórios técnicos os seguintes Objetivos já foram alcançados
Envolvimento dos extrativistas no fornecimento de látex para a fábrica; conclusão das obras de infra-estrutura para viabilizar o escoamento da produção; incremento na renda dos extrativistas com a comercialização do látex; geração de empregos diretose indiretos;
Melhoria da qualidade de vida da comunidade beneficiada, onde ressalta-se a implementação de sistema de energia fotovoltaica (energia solar), melhoria na captação de água potável para uso doméstico e instalação de módulos sanitários nas unidades produtivas, ações estas que combatem frontalmente a insalubridade tanto no ambiente doméstico quanto no de trabalho.

Datas Chaves no Desenvolvimento do Projeto
1/1/2003 Assinatura pelo Presidente Lula do protocolo de intenções garantindo recursos para mplantação do projeto
1/5/2003 Coleta de 4000 litros de latex para testes de viabilidade tecnica paraprodução de preservativos
1/1/2004 Início das obras da usina de centrifugação de latex e da implantação da fábrica
1/3/2004 Reunião com lideranças locais e extrativistas para organizacao do cronograma de treinamento e apresentação dos utensilios a serem utilizados na coleta de látex destinado a produção de preservativos
1/8/2004 Inicio da obras de recuperação de ramais e varadouros e inicio das instalações de kits
de energia solar e móulo sanitário
1/8/2006 A usina de centrifugação entra em funcionamento e se inicia a coleta e armazenamento
de latex centrifugado -concluída
1/5/2007 a fabrica fica pronta e iniciam-se as atividades de teste: máquinas, formulação do látex e
produção de preservativos-em andamento
e mais principal ficou quase tudo parado durante quase um ano esperando o Lula vir inaugurar....

Histórico da Implantação
A criação das reservas extrativistas na Amazônia surgiu como proposta para solucionar problemas de degradação ambiental e de conflitos pela posse da terra. No entanto, o baixo valor da borracha e as dificuldades de produção e escoamento mantiveram os seringueiros na floresta sem acesso a diversos serviços, como também gerando empobrecimento e êxodo rural. A alternativa foi a diversificação da utilização do látex, além de pneumáticos. Assim, num esforço conjunto dos governos estadual e federal
em parceria com o Instituto Nacional de Tecnologia, Blowtex e Inal confimou-se a viabilidade técnica do uso de látex nativo na produção de preservativos masculinos.

Era necessário estabelecer prioridades, que após algumas reuniões técnicas foram determinadas as seguintes:
1.Implantar unidade de processamento de látex e fábrica de preservativos;
2.Melhorar infra-estrutra de escoamento da produção;
3.Capacitar o seringueiro para extração de látex para produção de preservativos;
4.Melhorar os utensílios utilizados na coleta, garantindo maior qualidade ao produto;
5.Aumentar a renda familiar por meio da venda do látex e subsídio pago pelo Estado do Acre;
6.Melhorar as condições sanitárias da unidade produtiva familiar com instalação de módulos sanitários e
captação de água;
7.Levar energia elétrica até as famílias através do Programa Luz para Todos, com instalação de kit´s de
energia fotovoltaica;
8.Fortelecer as associações comunitárias para organização da produção;
9.Estreitar parcerias entre o Estado, cooperativas, associações e sindicatos.

Como estratégia para alcançar os objetivos propostos, visando a gestão ambiental e o desenvolvimento econômico, o Governo Federal, através do Ministério da Saúde, Programa DST/AIDS, Ministério da Integração, SUFRAMA e CAIXA financiou todas as etapas do projeto. Coube ao Governo do Estado a coordenação do projeto através da FUNTAC que juntamente com a SEPROF e a SEOP forneceram equipe tecnica e pessoal de apoio. As organizações, sindicatos e lideranças locais participaram de todas
as etapas do projeto sendo responsáveis pela mobilização comunitária.

Os recursos financeiros foram captados por meio da SEPLANDS em diversos orgãos financiadores já mencionados anteriormente e devidamente discriminados os valores e percentuais de aporte. Os técnicos permanentes foram cedidos pela FUNTAC e SEPROF. A SEOP disponibilizou engenheiros e pessoal de apoio para a execução dos projetos de infra-estrutura. Os técnicos da SESACRE realizaram as oficinas de prevenção das DST/AIDS nas áreas selecionadas. A Associação de Moradores e Produtores da Reserva Extrativista Chico Mendes, o Sindicato dos Produtores Rurais de Xapuri e a
Cooperativa Extrativista de Xapuri, juntamente com outras lideranças e politicos locais foram articuladores nas comunidades para contactar os extrativistas e realizar as reuniões para apresentação do projeto, sendo fundamentais no incentivo aos extrativistas para se tornarem fornecedores de látex, bem como na mobilização e organização das reuniões para as diversas oficinas e cursos de capacitação realizados. Para a usina de centrifugação do látex e a fábrica de preservativos foram contratados funcionários da cidade de Xapuri, mesmo que de forma obscura e até hoje questionada por muita gente já que muitos apadrinhados políticos do PT se beneficiaram, na seleção realizada por empresa terceirizada pelo Governo do Estado.

Processo de Implantação
As obras de infra-estrutura, oficinas técnicas e capacitações iniciaram-se a partir da captação dos recursos coordenada pela SEPLANDS. Simultaneamente, também foram iniciadas as obras para viabilização da infra-estrutura logística da Resex Chico Mendes (Reserva Extrativista onde é coletado a maior parte do látex). Essas obras contemplaram reformas de ramais, varadouros (caminhos para animais ou pessoas que interligam as unidades produtivas), construção de pontes e instalação de
bueiros. Também foram construídos pontos de recolhimento de látex (PR) em áreas estratégicas para atendimento de no mínimo 25 produtores e um ponto de apoio nas moradias para o extrativista guardar os utensílios de coleta e o látex coletado ao longo da semana. Por meio de reuniões com vereadores, presidentes de sindicatos/associações e os extrativistas foiapresentada a proposta de substituição dos utensílios de coleta por material galvanizado (bicas) e plástico duro (tigelas e bombonas). Essa substituição foi necessária para melhoria da qualidade do látex coletado. Nessas reuniões também elaborou-se agenda de capacitação em manuseio e manipulação de látex de todos os produtores cadastrados de acordo com a localização das moradias e a distância dos PR. Em cada uma dessas comunidades foram selecionados gerentes que foram treinados em noções básicas de química e matemática para realizarem os testes de qualidade iniciais e controlar o fornecimento de látex nos PR, ou seja, o controle de qualidade é feito na floresta, antes mesmo do produto chegar à fábrica. Os gerentes de PR e o corpo técnico visitaram cada uma das moradias coletando dados em formulário sócio-econômico, a partir do qual foi elaborado um Banco de Dados com Sistema de Informações Geográficas, que tem sido utilizado na espacialização dos rodutores, na elaboração de rotas de coleta e outras atividades do projeto como o Programa Luz para Todos, do Governo ederal, construção de 32 unidades habitacionais, instalação de módulos sanitários, como também outras ações governamentais.

A utopia da Implantação da Fábrica de Preservativos Masculinos de Xapuri, é um fato inédito, pois é a única fábrica no mundo que utiliza látex de seringal nativo e foi planejada para atender as exigências do setor industrial - ter lucratividade, sem perder de vista os benefícios econômicos e sociais que a atividade pode gerar aos fornecedores de matéria prima. Assim, em áreas onde comunidades extrativistas vivem da extração de látex, ou de produtos florestais não madeireiros, o modelo de treinamento, os pontos de recolhimento, as rotas de coleta e a proximidade das áreas produtivas à área industrial, garantem o sucesso na reaplicabilidade desta prática. Só nos resta torcer para tudo dar certo, já que o nosso Estado tem possui um forte vinculo com a extração do látex haja vista que até mesmo possui legislação para tal atividade como é o caso da Lei Chico Mendes que subsidia a coleta de látex.

Bem acredito que já deu para perceber que conheço alguma coisa sobre a Fábrica de Camisinhas de Xapuri não..........

E quem também estiver interessado em saber mais pode pesquisar nas seguintes fontes, e depois vir discutir comigo.
Título do Artigo:A vitória dos povos da floresta
Fonte:http://www.reporterbrasil.com.br/exibe.php?id=169

Título do Artigo:Acre vai fabricar preservativos com latex natural
Fonte: http://www.suframa.gov.br/publicacoes/suframahoje/abril/sustentabilidade.htm

Título do Artigo:Amazônia deixa de ser destruída e vira solução para a pobreza-16 de Setembro de 2002
Fonte:http://www.jornaldaciencia.org.br/Detalhe.jsp?id=4796

Título do Artigo:Anticoncepção orgânica Uma nova fonte de renda para os seringueiros agregará valor à floresta natural
Fonte:http://www.iadb.org/idbamerica/index.cfm?thisid=3863

Título do Artigo:Arranjo Produtivo Local do Látex
Fonte:http://www.integracao.gov.br/programas/programasregionais/rioacre/relatorio.asp

Título do Artigo:Brasil inaugura primera fábrica de condones
Fonte:www.correodelcaroni.com/content/view/74272/128/

Título do Artigo:Brasil terá fábrica de preservativos feitos com látex de seringueira
Fonte:http://www.agenciabrasil.gov.br/noticias/2007/05/10/materia.2007-05-10.2383223419/view

Título do Artigo:Camisinha vai "conservar floresta" 29/01/2004
Fonte:http://agenciact.mct.gov.br/index.php/content/view/14726.html

Título do Artigo:CAS aprova US$ 720 milhões em novos projetos industriais em reunião no Acre
Fonte:http://www.suframa.gov.br/suframa_publicacoes_noticias.cfm?id=3450

Título do Artigo:Economia Florestal como base para o Desenvolvimento Sustentável do Acre
Fonte:http://www.bndes.gov.br/conhecimento/seminario/Saude05_1_1.pdf

Título do Artigo:Estado terá fábrica de preservativos a partir do látex de seringal nativo
Fonte:http://www.sambiental.com.br/SA/default.asp?COD=1514&busca=&numero=202

Título do Artigo:Fabrica de Camisinha aguarda Lula
Fonte:http://www.ac24horas.com/index2.php?option=com_content&do_pdf=1&id=3783

Título do Artigo:Fábrica de látex na Amazônia reforça prevenção à Aids. 30 de Agosto de 2004
Fonte:http://www.planalto.gov.br/casacivil/site/exec/noticias.cfm?cod=1329

Título do Artigo:Fábrica de preservativo nacional começa
Fonte:http://www.hiv.org.br/internas_materia.asp?cod_materia=1619&cod_secao=plantao

Título do Artigo:Fábrica de preservativo nacional começa a processar látex em junho
Fonte:http://www.aids.gov.br/main.asp?View={E77B47C8-3436-41E0-AC19-E1B215447EB9}&BrowserType=IE&LangID=ptbr
¶ms=itemID={F25AD915-DEA4-4260-82D0-375AD60C02B8};&UIPartUID={D90F22DB-05D4-4644-A8F2-FAD4803C8898}

Título do Artigo:Fábrica nacional de condones en Brasil usará caucho de reserva Chico Mendes
Fonte:http://209.88.205.95/prontus_noticias/site/artic/20070514/pags/20070514112151.html

Título do Artigo:Governo vai bancar fábrica de camisinhas
Fonte:http://www.crmmg.org.br/Noticias/Saude/news_item.2007-08-01.2562947987/view

Título do Artigo:II Forum Marketing Social do Preservativo (citação na midia sobre a Fabrica de Preservativos Masculinos de Xapuri)
Fonte:http://www.socialtec.org.br/acoesdestaque/IIForumMktgSocialPreservativo.htm

Título do Artigo:Látex do Acre passa pela avaliação do Inmetro e pode ser usado em preservativos - 23/12/2003
Fonte:http://portal.saude.gov.br/portal/aplicacoes/noticias/noticias_detalhe.cfm?co_seq_noticia=8013

Título do Artigo:Lula inaugura fábrica de camisinhas de látex nativo
Fonte:http://www.agenciaamazonia.com.br/index.php?option=com_content&task=view&id=848&Itemid=156

Título do Artigo:Lula ordena construir una fábrica estatal de preservativos
Fonte:http://www.elmundo.es/papel/2004/08/14/mundo/1679487.html

Título do Artigo:Primeira fábrica mundial de camisinha a usar látex nativo começa atividade em junho
Fonte:http://www.radiobras.gov.br/abrn/brasilagora/materia.phtml?materia=265293

Nota de solidariedade ao amigo Raimari



Um antigo provérbio nos ensina que algumas coisas jamais podem retroceder e cita: a pedra lançada, palavra proferida a ofensa recebida, costumeiramente nos dias de hoje ditos como modernos as três coisas se consubstanciam no mesmo ato, principalmente na minha querida Xapuri, onde cotidianamente somos transformados em vidraças que recebem pedradas, palavras tão pesadas que talvez os que a proferem não sejam capazes de recebe-las, ofensas tão caluniosas que seguer os ofensores pudessem suportar, porém todas essas ações estão travestidas do direito da liberdade de expressão. O direito da Liberdade de Expressão não pressupõe no tolhimento dos direitos alheios como ocorre aqui na nossa princesinha.

Quero publicamente me solidarizar com o amigo Raimari Cardoso, vitima constante de ataques pejorativos por parte do Departamento de Comunicação e Divulgação Social do Gabinete do Prefeito Municipal de Xapuri, através do Programa Jornalístico Local veiculado pelo canal 7, que ainda não consegui compreender porque é canal 7 – lê-se REDETV e o material veiculativo configra-se como SBT.

Raimari Cardoso como todos sabem, possui uma extensa folha de serviço a esta comunidade seja na qualidade de servidor publico estadual, quer na qualidade de funcionário municipal até meados do ano de 2006, não sendo de meu conhecimento em sua trajetória profissional atos que desabonasse sua conduta seja moral, pessoal e\ou profissional, oque lhe credencia a tomar posição pessoal que bem entender em relação a certas posturas de agentes públicos no município

Quero repudiar a atitude governamental da Administração em utilizar terceiros no ato de agravo ao profissional Raimari, não gostaria de entrar no mérito da questão doque levara a pessoa a fazer tal coisa, mas que de certo fora direcionada erroneamente para faze-lo, isso tenho certeza.

Sob o auspício da Prefeitura Municipal, a Tv local em todos os seus pronunciamentos que ferem a dignidade e a honra de cidadãos xapurienses alega que se trata meramente de direito de resposta a ataques anteriores. Estranhamente essa postura não sei se provem do desconhecimento legal do termo direito de resposta ou se é um artifício asneiro de hábitos fofoqueiros e disse-me-disse costumeiros entre velhos conhecidos da população xapuriense.

Direito de resposta se dá pelo efeito do contraditório no mesmo espaço de origem da ofensa inicial, coisa que nunca ocorrera naquela emissora, haja visto que ali se é proibido a entrada de desafetos da atual administração e quando conseguido em juízo o devido direito de resposta aos ofendidos estranhamente a emissora sai do ar, em tamanho desrespeito á Ordem judicial.

Ao amigo Raimari pesa em seu benefício os milhares de ouvintes da Radio educadora 6 de agosto e centenas de leitores de seu blog, que são conhecedores de que sempre fora aberto espaço para a versão de quem quer que seja o citado, prova cabal disso sou eu. Jamais me foi negado espaço na Radio Educadora, muitas vezes ao vivo para expressar versões que no meu ver deveriam ser colocadas ao publico, sempre fui recepcionado por todos os funcionários daquela emissora, com tamanho respeito, que me nego a conceber a idéia de que os senhores representantes do município não disponham de espaço naquela emissora.

A minha solidariedade se estende a todos que já tiveram sua honra dilacerada por comentários ofensivos no Jornal Xapuri, compreendendo por experiência própria que qualquer um que não reze a cartilha do “samba do crioulo doido” estará propenso a ter seu nome ultrajado.

Raimari, finalizo esta nota de solidariedade citando outro provérbio: “somente as arvores que dão bons frutos é que são apedrejadas”

Que as ofensas recebidas sejam fonte de inspiração para a continuação do teu trabalho e jamais seja refém da tua consciência.

Liberdade sem Medo


Lendo uma obra clássica do Grande educador, filosofo da metade do século passado Alexander Sutherland Neill, intitulada de Liberdade sem Medo – Summerhill, que trata de uma experiência educacional pioneira na Inglaterra e depois exportada para os Estados Unidos da América que culminou nos moldes educacionais hoje estabelecidos, onde considera a capacidade colaborativa do educando no processo ensino aprendizagem, deixara-me inebriado por saber que um livro editado primeiramente em 1959 está tão vívido em suas posições políticas com a realidade atual, não só no âmbito educacional como numa abrangência social como um todo.

Mas deixemos de lado os tecnicismos da obra, já que apesar de recomendá-la principalmente a educadores e pessoas que buscam estabilidade profissional por meio do índice de inteligência emocional, já adianto que é uma leitura demorada de 375 paginas que merece muita cautela na sua interpretação, porém o que mais me impressionou na leitura fora duas citações de dois grandes pensadores Willian Blake e Kahlil Gibran, tratando especificamente da educação intrafamiliar das crianças, que nos leva a refletir um pouco mais sobre oque é certo ou errado na maneira de encararmos as crianças.

Em um ângulo bastante filosófico Willian Blake escreve:
As crianças do futuro, por nascer,
Quando página tal puderam ler,
Saberão que nos tempos do passado
Um Crime, o doce amor era julgado...

Já Kahlil Gibran num tom bastante dramático e de alerta aos pais escreveu pois, talvez o seu mais conhecido poema:
Teus filhos não são teus filhos.
São filhos e filhas da Vida, anelando por si própria
Vem através de ti, mas não de ti,
E embora estejam contigo, a ti não pertencem,
Podes dar-lhes teu amor, mas não teus pensamentos,
Pois que eles tem seus pensamentos próprios.
Podes abrigar seus corpos, mas não suas almas.
Pois que suas almas residem na casa do amanhã,
Que não podes visitar sequer em sonhos.
Podes esforçar-te por te parecer com eles,
Mas não procures faze-los semelhantes a ti,
Pois a vida não recua, e não se retarda no ontem.
Tu és o arco do qual teus filhos, como flechas vivas são disparados...
.............................
Que a tua inclinação, na mão do arqueiro, seja para a alegria.

Bem, o meu intuito de citar os dois pensadores fora apenas para repartir o meu contentamento em apreciar a referida obra, bem como levar a reflexão alguns colegas pais no enfrentamento dos problemas cotidianos relativos à educação de seus filhos. Finalizando este comentário, parafraseando A. S. Neil – “minha experiência de muitos anos no trato de crianças em summerhill, convenceu-me de que não há necessidade alguma de ensinar a uma criança como se comportar. Ela aprenderá o que é certo e o que é errado a boa hora, contanto que não seja pressionada para isso – aprender é um processo de adquirir valores do ambiente em que se vive. Se os pais forem honestos e morais, seus filhos no tempo devido, seguirão o mesmo caminho.

Notas do Raiamari


Sobre o cometário do colunista Evandro Coprdeiro na coluna OFF do jornal O Rio Branco, de que o Ex-Governador Jorge Viana haveria batido o martelo para que Elenira Mendes Filha de chico Mendes nao se candidatasse a Prefeitura de Xapuri, o Nobre colega colocou em seu blog o seguinte:

Notas minhas:

* Jorge Viana não é mais governador do Acre, eu acho.

* Elenira desmente a informação de que tenha conversado com o ex-governador sobre sua possível candidatura à prefeitura de Xapuri. Confirmou, no entanto, que JV conversou com sua mãe, Ilzamar.

* Se Elenira não confirmar a candidatura e resolver apoiar o PT, as principais lideranças do PV não a seguirão. Não toleram as lideranças petistas e a recíproca é verdadeira.

* O PMDB de Xapuri é o partido mais volúvel da praça. Flerta com A, acena para B e troca afagos com C. Resta saber onde amarrará o burro.

* A disputa entre PT e PSB pela prefeitura de Xapuri parece ser coisa resolvida. Nenhum dos dois abre mão da "cabeça de chapa". Sabem, no entanto, que se saem juntos sepultam os sonhos de reeleição de Vanderley Viana.

* A população do município desconhece, até o momento, qualquer resultado sério de alguma pesquisa recente e real. Até agora, somente especulações e bravatas de uma meia dúzia.

Eita deve ter algo no ar que eu nao estou sabendo....

Uma história deturpada


Lançado no fim do ano passado, na Bienal Internacional do Rio de Janeiro, o livro “1808” – mostra como uma rainha louca, um príncipe medroso e uma corte corrupta enganaram Napoleão e mudaram a História de Portugal e do Brasil. Lançado pela Editora Planeta, o livro do jornalista paranaense Laurentino Gomes, ficou por várias semanas em primeiro colocado na lista dos mais vendidos na Livraria Saraiva e na Livraria Cultura, no quesito não-ficção, desta semana. Resultado de uma investigação de 10 anos, a obra mostra, em tom jornalístico e com linguagem acessível, as razões e conseqüências da fuga da família real portuguesa para o Brasil. Como bom marketeiro, o jornalista-escritor, inicia o livro dando ares da importância à sua obra em uma linguagem acessível. O livro não traz muitas novidades, mas é gostoso de ser lido.

Dividido em 29 capítulos, o livro tem seções de notas e bibliografia, além de ilustrações de cronistas e pintores da época, como Goya, Debret, Rugendas, Henderson e Chamberlain. A obra Inclui ainda um mapa da viagem de D. João e uma "linha do tempo" mostrando os principais acontecimentos no Brasil e no mundo entre a Revolução Francesa e a Independência do Brasil. É importante identificar o autor, bem como o lugar social de ontem fala. Afinal, cada um tem seu ponto de vista e cada ponto de vista é visto de um ponto. Laurentino Gomes trabalha na Editora Abril há 20 anos, 15 dos quais foi repórter da revista Veja. A fuga da família real portuguesa para o Rio de Janeiro ocorreu num dos momentos mais apaixonantes e revolucionários do Brasil, de Portugal e do mundo. Guerras napoleônicas, revoluções republicanas, escravidão formaram o caldo no qual se deu a mudança da corte portuguesa e sua instalação no Brasil.

Resultado de dez anos de investigação jornalística, o livro de Laurentino Gomes resgata e conta, de forma acessível, a história da corte lusitana no Brasil e tenta devolver seus protagonistas à dimensão mais correta possível dos papéis que desempenharam duzentos anos atrás. Escrito por um dos mais influentes jornalistas da atualidade, 1808 é o relato real e definitivo sobre um dos principais momentos da história brasileira. Como leitor cidadão comum, digo que vale a pena ler a obra, mas acredito que muitos historiadores dirão que não traz nenhuma contribuição às pesquisas. Já os que analisam a obra do ponto de vista comercial, poderão dizer que não passa de um engôdo de venda, em outras palavras, é uma publicação mercenária que visa apenas ganhar dinheiro.

Administrar com qualidade


Administrar muitas vezes causa confusão na definição das pessoas que tentam administrar sem ter os conhecimentos necessários para a atividade. No Acre, todo ano várias empresas encerram suas atividades antes do primeiro ano no mercado.

As causas são as mais variadas possíveis, mas na grande maioria é a falta de conhecimento dos proprietários na área administrativa e de recursos humanos.

Saber identificar um profissional e valorizar esta mão-de-obra é o passo principal para o sucesso de uma empresa. Alguns cursos já são oferecidos para o administrador ter a visão e saber reconhecer.

“Dirigir recursos humanos, financeiros e materiais”, este é o princípio básico da administração, saber identificar os problemas, apontar as soluções sem atrapalhar o rendimento da atividade principal da empresa. O administrador precisa fundamentalmente saber identificar um profissional qualificado e valorizá-lo, não só oferecendo um ambiente adequado com condições para o desempenho de sua atividade, mas também oferecendo qualificação profissional, como cursos de atualização e reciclagem.

Alguns “administradores” ainda acham que administrar é mostrar a porta da rua para os insatisfeitos, sem ao menos tentar conhecer a origem do descontentamento ou se este funcionário tem razão nas reivindicações. Saber valorizar um profissional é saber ouvir, principalmente se este profissional aponta os erros e sabe como solucioná-los, com idéias criativas, que contribuam para o desenvolvimento e crescimento da empresa.

Valorizar o profissional e saber que todo o investimento feito com cursos, palestras, treinamento e reciclagem é um investimento feito na empresa, a empresa estará qualificando um funcionário que dedicará o conhecimento adquirido no desempenho de suas atividades no seu ambiente de trabalho. Todo profissional quer ver a empresa onde ele trabalha crescer. O administrador por sua vez tem obrigação de oferecer as condições necessárias para obter o máximo rendimento desta mão-de-obra qualificada.


Numa organização empresarial capitalista, três objetivos principais procuram ser alcançados : a satisfação do consumidor com o produto / serviço produzido pela empresa, o lucro obtido na comercialização da produção ou com o serviço prestado, e a remuneração para todos que executaram o trabalho (funcionários, empregados).

Satisfação do consumidor – Qualidade do produto oferecido pela empresa, onde o cliente recebe o produto com a certeza e a confiança que está adquirindo o melhor, produzido pela melhor empresa, com a mão de obra mais qualificada do mercado.
Lucro obtido na comercialização do produto – Fundamental para manter a empresa no mercado, manter os postos de trabalho e ter o capital de giro necessário para novos investimentos.

Remuneração profissional – Todo profissional bem remunerado rende mais, para isso basta ter seus vencimentos em dia. Sem problemas financeiros. E só quem tem a ganhar com funcionários satisfeitos é a empresa e o administrador que gerencia todos estes recursos.

Portanto. Administradores, novos ou antigos, a reciclagem não passa só pelos funcionários, às vezes rever conceitos e respeitar os profissionais de sua empresa, mantendo-os com dignidade e ouvindo suas idéias, pode significar muito para o crescimento da atividade profissional, principalmente se estas idéias venham a elevar o faturamento e a valorização da marca da empresa no mercado.

O REI DA FARRA


O promotor de Justiça da comarca de Tarauacá, Marco Aurélio Ribeiro, instaurou Procedimento de Investigação Preliminar, visando apuração das suspeitas de gastos excessivos e desnecessários, por parte da administração municipal, para a realização da programação de 95 anos da cidade.

O representante do MPE alega ter chegado ao seu conhecimento o fretamento de dois aviões numa empresa de táxi aéreo para transportar o grupo musical SPC (Só Para Contrariar), além de convidados, de Rio Branco para Tarauacá.

O grupo teria sido contratado de última hora, a toque de caixa, para se apresentar no lugar da Banda Raça Negra, que cancelou a apresentação, apesar de já ter recebido antecipadamente parte do cachê.

Além do transporte aéreo, o município também teria arcado com despesas de hospedagem e alimentação dos artistas e amigos do prefeito durante toda a programação.

No entendimento de Marco Aurélio, as verbas públicas devem ser destinadas a ações de alcance social, citando como exemplo: iluminação pública, compra de medicamentos, compra de um veículo para o conselho tutelar, melhoria de esgotos e reparos em vias públicas, dentre outros.

Se confirmado que a programação do aniversário do município gerou gastos excessivos e desnecessários, o MPE vai oferecer Ação Civil Pública contra o administrador municipal, e caso contrário determinará o arquivamento do procedimento.

Para dar prosseguimento à investigação, o promotor solicitou ao representante legal do município, cópias dos contratos celebrados com grupos musicais; da relação de hóspedes do hotel Pró-Link; e da relação geral de gastos com a festividade.

O município e os demais arrolados têm o prazo de dez dias para apresentar os documentos solicitados. A portaria instaurando o Procedimento de Investigação Preliminar foi publicada no Diário Oficial do Estado nº 9.793, desta terça-feira (29).

Inglês é preso com quase 2 kg de cocaína nas pernas

Droga estava presa com fita adesiva nas coxas e panturrilhas do homem.
Ele foi preso no Aeroporto Internacional de Guarulhos, na Grande SP.

Um inglês de 42 anos foi preso no Aeroporto Internacional de Guarulhos, na Grande São Paulo, quando tentava embarcar com quase 2 kg de cocaína presos nas pernas.

Segundo a Polícia Federal, a prisão ocorreu na segunda-feira (28). Agentes federais desconfiaram do nervosismo do homem que tentava embarcar para a cidade de Madri, na Espanha. Foi então feita revista da bagagem e pessoal e a polícia encontrou 1,94 kg de cocaína presos com fita adesiva às coxas e panturrilhas do inglês.

Homem foi preso no Aeroporto Internacional de Guarulhos. O homem, que disse ser marceneiro, foi preso em flagrante e responderá por tráfico internacional de drogas. Caso seja condenado, pode pegar pena de 5 a 15 anos de prisão.

Além da cocaína, foram apreendidos pelos policiais documentos e uma pequena soma em dinheiro.

Ronaldo terá que comparecer à delegacia novamente, diz polícia


Segundo o titutar da 16ª. DP, houve falha na comunicação com o atacante.
Os três travestis também deverão prestar depoimento na semana que vem.

O delegado Carlos Augusto Nogueira, titular da 16ª. DP (Barra da Tijuca), informou que o jogador do Milan Ronaldo terá que ir à delegacia na semana que vem para prestar depoimento. Segundo o delegado, houve falha na comunicação, já que Ronaldo divulgou em nota que não iria mais à delegacia para depor, como esperava o delegado, e que seguiria com sua rotina normal no tratamento da cirurgia no joelho esquerdo.

“O Ronaldo ainda não foi comunicado oficialmente que deverá depor na semana que vem. A princípio ele não precisaria mais prestar depoimento, mas será necessário que ele compareça à delegacia novamente”, informou o delegado que também contou ainda que tanto Ronaldo quanto os três travestis deverão prestar depoimento na semana que vem, para apresentar esclarecimentos.

Nogueira explicou que, no primeiro contato, o jogador não havia se recusado a depor em uma segunda oportunidade. Apenas, segundo o delegado, não foi comunicado oficialmente da necessidade deste novo depoimento.


Cuidando do joelho
O atacante voltou a divulgar um comunicado oficial nesta terça-feira (29) para se defender da polêmica envolvendo os travestis. O jogador informou que não pretende ir à delegacia para depor e que seguirá com sua rotina normal no tratamento da cirurgia no joelho esquerdo. Confira a nota de Ronaldo na íntegra:

"Diante dos últimos acontecimentos, é necessário esclarecer primeiramente que não foi registrada nenhuma queixa-crime contra o atleta Ronaldo, o que encerra qualquer possibilidade de o jogador comparecer à delegacia. Militante de causas sociais, Ronaldo jamais foi usuário de drogas, sendo sempre idolatrado e admirado por crianças e adolescentes do Brasil e do mundo. Os indícios apontam para uma tentativa de extorsão, onde o atacante do Milan é a única vítima e, se necessário, tomará as atitudes cabíveis."


Travesti pode ser indiciado
O travesti André Luis Ribeiro Albertino, conhecido como Andréia Albertine, pode ser indiciado por furto e por extorsão de R$ 50 mil, segundo informações do delegado Carlos Augusto Nogueira.

De acordo com o site GloboEsporte.com, Ronaldo se envolveu em polêmica após ter ido a uma boate no Rio de Janeiro. O craque terminou a noitada de domingo, após assistir ao primeiro jogo da decisão do Campeonato Carioca, no Maracanã, na 16ª DP (Barra da Tijuca). O travesti acusa Ronaldo de não pagar o programa e de envolvimento com drogas.

O delegado Nogueira considera que o furto poderá ser caracterizado caso se confirme que os documentos do carro de Ronaldo foram pegos escondidos pelo travesti. De acordo com o titular da 16ª DP, André continua com o documento.

Quanto à extorsão, o delegado informou que o outro travesti que estaria com o jogador do Milan, identificada apenas como Carla, afirmou em depoimento prestado na segunda-feira que André teria pedido R$ 50 mil para não divulgar o caso à imprensa.

De acordo com Nogueira, somente após os depoimentos é que a polícia poderá analisar as denúncias, tanto contra o travesti, quanto contra Ronaldo.


Travesti 'correu da delegacia', diz delegado
Segundo o site GloboEsporte.com, o delegado informou na segunda-feira (28) que Ronaldo pode ter sido vítima de uma tentativa de extorsão. Ele chegou a essa conclusão porque o travesti André "correu da delegacia" durante o meio do depoimento; Nogueira, então, passou a considerara a possibilidade de um golpe contra o jogador.

Em frente ao motel na Barra, André Albertino deu entrevista dizendo que outros dois travestis teriam participado da noitada. Ele apresentou ainda um documento de carro em nome de Ronaldo Luiz Nazário de Lima - que teria sido deixado com ele como garantia de pagamento.

Em um comunicado oficial, divulgado por sua assessoria de imprensa, Ronaldo defendeu-se da acusação dos travestis de que teria usado drogas. O pentacampeão mundial reafirmou estar sendo vítima de extorsão. A nota diz:

"Diante dos últimos acontecimentos e com o objetivo de esclarecer, o atleta Ronaldo jamais foi usuário de drogas, não teve nenhuma queixa-crime registrada contra a sua pessoa e está sendo vítima de uma tentativa de extorsão. Ele agradece a decência da autoridade que preside o fato e, se necessário, tomará as atitudes cabíveis."

Por meio de sua assessoria de imprensa, Ronaldo informou que nesta terça-feira (29) divulgará novo boletim, e que não pretende dar entrevista sobre o incidente.

COMO FUNCIONA UM FORMIGUEIRO


Você talvez não tenha se preocupado em conhecer o funcionamento de um formigueiro, porém poderia aprender muito sobre organização e produtividade
se resolvesse investir um tempo para saber mais sobre o assunto.

Assim, caso o tema lhe interesse vale a pena continuar a leitura do artigo.

Vamos a análise: como funciona um formigueiro? Em um formigueiro todas as formigas têm uma função clara e metas estabelecidas. Não é necessário que
ninguém fique cobrando resultados e produtividade, porque as formigas estão permanentemente motivadas em relação ao que fazem. Não existem greves,operações tartaruga ou formiga de má vontade.
A base disso é clara, a construção de um ambiente saudável em que se respeita a vocação de cada indivíduo. Gerar, produzir, manter, estocar,proteger e construir. Tudo em prol da rainha (o cliente).
Será que nossas organizações funcionam assim? Estaremos todos felizes com o que fazemos? Os objetivos estão bem claros e são razoáveis? Cada um tem a
chance de desenvolver seus talentos? O foco está voltado para o cliente? As lideranças permitem e estimulam a participação e valorizam os resultados?
Existe um espaço para tentativas de inovação ou se reprime o erro?
Em um formigueiro tudo isto funciona muito bem. Inclusive a possibilidade de tentar novas estratégias de alimentação e estocagem de acordo com a região do formigueiro, o alimento disponível e o clima.
Comparativamente com as nossas organizações equivale a dizer que o formigueiro se adapta às condições do mercado, para sobreviver e crescer continuamente.
Temos que transformar nossas organizações em formigueiros eficazes. E o início de tudo está na vontade dos líderes em construir um novo modelo empresarial, onde os talentos são a matéria-prima, capacidade são meios
produtivos e fidelidade dos clientes é o resultado final.
Nesta semana, pense, a natureza tem muito a ensinar. Vamos olhar as nossas volta e aprender com tudo e com todos, inclusive as pequeninas formigas."

UMA ORGANIZAÇÃO É FEITA DE PESSOAS, CADA UMA FAZENDO A SUA PARTE .
Se cada uma fizer a sua parte formaremos uma grande equipe.
Hoje, somente uma grande equipe ganha, pois, os objetivos são conhecidos por todos e todos sabem onde chegar

segunda-feira, 28 de abril de 2008

Será que é Verdade?????


Como sempre faço... provocarei mais esta versão divulgada na edição de Domingo do Jornal O Rio Branco, para saber se realmente é verdade ou não...

* O governador Jorge Viana pediu e a filha de Chico Mendes, Elenira, não disputará mais a prefeitura de Xapuri.

* Ela e seu partido, o PV, devem apoiar a candidatura do PT, puxada pelo professor Ubiracy.

* A rigor, a candidatura do PT está próxima de ganhar um aliado forte no município de Xapuri, o PMDB.

* Essa semana o deputado Chagas Romão deve ir ao município para finalizar as conversas que se iniciaram há 20 dias.

* Na terra de Chico Mendes a Frente Popular só sairá rachada em decorrência da pré-candidatura de Manoel Moraes, do PSB.

* Em consultas mais recentes e reais, Moraes aparece muito bem.

Secuestro de la esperanza...


Recebi do Amigo Bloqueiro internacional Enrique Chávez Maranto da cidade de Coatzacoalcos no distrito San Jose no Perú, oque me interessou já que como eu e tantos outros colegas procuram por meio de espaços alternativos buscar verdades que sombreiam os fatos das nossas cidades.

Ei-la a Carta:

El agua siempre encuentra su camino al mar. Si el cauce acostumbrado de un río se obstruye, este buscará un camino nuevo inundando tierras que antes permanecían a salvo de sus aguas. Eso es lo que le ocurre justo ahora a mi ciudad Coatzacoalcos, el agua de la delincuencia que antes se veía muy lejana está inundando sus tierras.

Se ha obstruido el canal que llevaba el mundo de las drogas a nuestros vecinos del norte y ahora sus calamidades están inundaron nuestras tierras. Coatzacoalcos que se convirtió en la pesadilla que nunca imaginé; en una ciudad donde la noticia del secuestro del amigo, del conocido de muchos años, de aquel que muestra alguna forma de prosperidad, es cosa casi cotidiana. Primero fue el rumor de los secuestros y extorsiones a personajes de reputación dudosa; después la noticia del secuestro de gente honrada dedicada al trabajo y a su familia que no tendría por que pintar su rostro de miedo al preguntarse ¿seré yo el siguiente de la lista?

Reflexioné entonces sobre lo qué haría si yo estuviera incluido en esa hipotética lista y decidí que lo mejor sería seguir con mi vida, amando a mi familia, trabajando en lo que sé y expresando mis ideas pues llegado el caso simplemente no podría hacer nada para detenerlos y menos aún para pagarles.

Dicen que nada se da por casualidad y que todo tiene un propósito, tal vez el propósito de todo esto sea mostrar a los ciudadanos que también tenemos la culpa cuando no protestamos, cuando permanecemos al margen del dolor ajeno, cuando decidimos vivir encadenados a esa mediocridad permisiva pensando que esas desgracias nunca nos ocurrirán.

También decidí expresar públicamente mi más enérgica condena respecto a lo que ocurre en mi ciudad y mi convicción de que la causa raíz de todo, es el resultado de la acción u omisión de aquellos que detentan el poder quienes, por privilegiar a lo largo de muchos años tan solo sus intereses, han secuestrado al pueblo la esperanza de un futuro promisorio y eso, finalmente, es lo más grave pues el agua siempre encontrará su curso.

Reconocimientos de la semana,

A la gente humilde que se presta para asistir al médico y a los pacientes en el dispensario de San José, que clasifican las medicinas, que atienden el bazar en el que se recaudan los fondos necesarios para el pago de medicinas y/o análisis especiales, en la compra de y reparto de despensas. (Gracias Memo)

A la labor que realizada por la Casa del Inmigrante que lamentablemente cerró sus puertas en días pasados.

Con mis mejores deseos,

Enrique Chávez Maranto

Recentemente tive o prazer de encontrar meu Amigo Fittipaldy, que entre muitos assuntos discutimos sobre a situação política de Xapuri, experiente na area fez uma análise muito interessante sobre a tendência de coligação entre os pré canditados ao pleito vindouro, que assim que tiver definição dos reais candidatos estarei iniciando este debate.

Fiquei deveras lisongeado com a mensagem recebida:

Caro amigo Joscíres,
Saiba que te adimiro muito pela sua capacidade e inteligência, (já te disse isso por várias vezes).
Leio sempre seu blog e posso te dizer sem segredos, vc é o máximo! Adoro suas colocações, principalmente quando fala com convicção e sem puxar pra nenhum lado. Desejo muito sucesso em tua carreira. Vc seria um excelente reporter, um dos melhores desse Estado.
De Seu Amigo de sempre Fittipaldy.


Meu Comentário
O Professor Emerson Fittipaldy, assim como eu por duas vezes deu sua contribuição para Xapuri, como Diretor de Planejamento da Secretaria Municipal de Educação e como Secretário Municipal de Educação, infelizmente como todos que querem executar um trabalho sério na Admnistração não permaneceu....
mas aqui deixo meus profundos sentimentos de respeito
e um abraço..

Preconceito dos ignorantes (falta de informação) – Homofobia


Nesta sexta-feira fui convidado a participar da Primeira Conferência no Acre GLBT - Gays, Lésbicas, Bisexuais, Travestis e Aliados, fiquei lisongeado pelo reconhecimento de alguns textos citados de minha autoria como contribuição ao movimento, juntamente comigo numa mesa redonda estavam Presentes o Secretário Nacional de Justiça e Direitos Humanos, Advogados representantes do MP AC, como Moisés Alancastro, Nazaré Gadelha, o Dep. Moisés Dinis, o Vice-Prfeeito de Rio Branco entre outras inumeras autoridades estaduais e de diversos municipios, que ali estavam com o unico intuito de buscar alternativas viaveis em politicas públicas contra a homofobia neste estado.

Estranhamente o Auditório da Escola Estadual Armando Nogueira estava repleta de convidados e participantes onde infelizemnte com sua lotação esgotada inumeras pessoas nao puderam se fazer presentes, provando que o p-reconceito contra a comunidade homosexual no Acre está com seus dias contados.

Tive uma surpreendente surpresa quando percebi que naquele ambienta cerca de 60% dos participantes nao eram homosexuais nem do genero masculino, nem do feminino, mas simpatizantes hoje denominados aliados, sem pressões ou curiosidade de nenhum dos presentes em saber quem era homosexual ou quem estava ali como contribuidor do evento, no caso das autoridades e palestrantres.

Estava ali para trabalhar dois temas especificos: Homofobia e Sociedade, Aspectos humanos e históricos da homosexualidade e senti deveras envergonhado quando soube atraves da assessoria da senadora Rondoniense Fatima Cleide, que o maior inimigo dos Projetos que beneficiam a comunidade homosexual em tramite na Camara Federal e no Senado é um PArlamentar Acreano do Partido dos Trabalhadores- PT o Senhor Henrique Afonso - vergonha para nos acreanos. não obstante ao fato do Deputado Henrique Afonso ser Homofóbico, soubera também que o Prefeito de Epitaciolandia o sr. Ronaldo Flores teria em entrevista pela Radio Difusora dado um show contra aquele evento, ações que sugeri e foram aprovadas moções de repúdo a serem encaminhadas aos setors competentes.

Entretanto, gostaria de compartilhar com os leitores desse espaço um pouco da minha contribuição para a I Conferencia GLBT, com a transcrição do meu pronunciamento na abertura oficial do evento.

Senhores Delegados e Delegadas Presentes nesta Conferencia
Senhores e Senhroas Autoridades da Mesa de Autoridades
Confesso que a homofobia sempre me assustou. Seja falando sobre Direitos Humanos, como Profissional da área pública, como professor pesquisador ou como cidadão, este gênero de ódio humano nunca foi muito bem compreendido pelo meu espírito. O que mais me espantou e ainda me perturba é o fato de que inúmeras pessoas que freqüentam igrejas e chamam a si mesmas de servas de Deus, são as primeiras a lançarem as pedras, sem ao menos avaliar se estão em condições de atirar a primeira delas. Mais que um ódio, a homofobia deve ser vista como um crime. E um crime grave, passível de prisão. A partir do momento que se nutre ódio e aversão por um indivíduo, e este ódio configura-se como um ato positivo, já ocorre o crime. Mas, infelizmente, esta configuração de crime, dentro da legislação brasileira, não está amplamente amparada pela total inércia de nossos legisladores diante de um problema crescente e do qual não se pode mais fugir. A homossexualidade convive conosco, no nosso dia-a-dia e ninguém pode fechar os olhos para isso. E fechar os olhos é demonstrar ignorância diante de um fato que permeia a vida social desde os primórdios da humanidade. Indivíduos homossexuais sempre existiram e existirão. Seja no trabalho, na vida social ou mesmo no seio familiar, a homossexualidade precisa ser encarada como algo natural e livre para se expandir. Sim, expandir-se, pois sua expressão natural passou a ser severamente reprimida a partir do advento do Cristianismo. As idéias preconceituosas e errôneas noções religiosas são as principais vilãs neste problema que toma aberta discussão até o século XXI. Infelizmente, muito ainda há que ser discutido, seja social ou juridicamente, mas o importante é que já existe uma pré-disposição da sociedade para discutir este tema tão polêmico para alguns, mas tão natural para outros. Uma pena que a visão positiva da homossexualidade esteja ofuscada pelo medo e ódio infundados e baseado em mero preconceito. A literatura está repleta de pessoas que afirmaram admirar um parente ou amigo até o dia em que descobriram se tratar de um indivíduo homossexual. De repente, todos os valores e qualidades daquele ente querido desapareceram, num passe de mágica, simplesmente porque sua orientação sexual revelada não “condizia com os princípios da sociedade”.

É neste sentido que surge uma segunda questão: o que é condizente com os princípios sociais? Matar e roubar não são condizentes. Mas nosso Código Penal ampara aquele que mata para se proteger e dá como atenuante o fato de alguém roubar para sobreviver, como o roubo de alimentos, por exemplo. Então, proibir o indivíduo de matar e roubar não pode ser visto como algo perfeito, acabado e não mais discutível. Pelo contrário, surge a discussão em torno da ética humana, avaliando até que ponto algo pode ou não ser aceitável. A dúvida que prevalece é por que matar ou roubar é aceitável, até determinado ponto, na esfera social, mas não a homossexualidade? Por que um indivíduo que manifesta uma orientação sexual distinta da orientação dita como “natural” deve ser visto como um indivíduo à margem da sociedade? Que crime cometeu um homossexual por ter se desenvolvido como tal? Quantos excelentes médicos, advogados, artistas, estudiosos não brindaram o mundo com seu talento, mesmo sendo homossexuais, e nem por isso deixaram de ser menos humanos? Até que ponto a hipocrisia de alguns vai ditar as regras da vida em sociedade? Difícil responder nestes dias turbulentos em que a falta de informação e a ignorância ainda prevalecem no meio em que vivemos, não apenas no Brasil, mas no mundo todo.

Hoje, a liberação sexual toma corpo e ganha terreno numa busca frenética para alcançar uma ordem social. Na verdade, não são os valores que estão perdidos, como pregam alguns, mas o senso de direção dos homens encontra-se alterado. Sente-se, neste fim de milênio, uma necessidade do homem se encontrar. E não é reprimindo ou liberando sua sexualidade que isso se dará, mas dar a ele a liberdade de ser o que é, realmente.

O brasileiro não se sente à vontade com relação à homossexualidade, muito menos a polícia ou as autoridades investidas de poder para manter a ordem. Muitos dos que se vêem no dever de prevenir, evitar e punir a violência também temem a homossexualidade como uma espécie de ameaça. Esquecem-se de que estão agindo com seres humanos, cidadãos que pagam seus impostos, muitos deles, inclusive, uma grande força produtiva para o país. As razões para o preconceito estão na nossa herança cultural européia tipicamente secular, somadas às convicções religiosas e um curioso machismo latino, não muito saliente. É ilógico ver as mesmas pessoas que aplaudem homossexuais desfilando durante o Carnaval, por exemplo, jogando pedras contra a homossexualidade nos outros meses do ano. O brasileiro, pelo simples motivo de não deter uma personalidade cultural própria, sendo uma mistura de tantas etnias, descobre-se amigo, outras vezes hostil, aberto e outras vezes fechado para aquilo que não consegue entender em sua plenitude.

Como os homossexuais vêm sendo cada vez mais marginalizados no Brasil, em grande parte por causa da AIDS, estes indivíduos também se tornaram alvo das investidas dos policiais, posto que no Brasil existe um esforço conjunto para “eliminar” marginais da sociedade, como mendigos, menores de rua, negros que praticam assaltos e, evidentemente, os homossexuais, caracterizados por alguns como “disseminadores de doenças”. Em outros casos, a polícia apenas fecha os olhos para situações de violência vitimando homossexual, um comportamento já bastante conhecido, principalmente pelos negros e pessoas menos abastadas. Existe uma idéia pré-concebida de que quando alguém mata um homossexual, praticou apenas um “serviço de limpeza” na sociedade, como se matar fosse a solução para os problemas do mundo e, pior do que isso, como se homossexuais fossem um mal passível de eliminação. O que deve ser eliminada é esta visão cruel, desumana e animalizada de algumas pessoas que vêem em seu próximo a extensão de um tipo de ódio ou revolta particular que não são capazes de resolver.

Demonstrações de violência não faltam, um verdadeiro prato cheio para a mídia nacional e internacional. Recentemente, o adestrador de cães Edson Neris da Silva, de 35 anos, morreu depois de ter sido espancado por uma gangue de skinheads– conhecidos como “cabeças raspadas – na Praça da República, em São Paulo. Por volta das zero horas do dia 06 de fevereiro de 2000, um grupo de 30 jovens carecas vestidos com roupas pretas se aproximou de Edson e de um amigo, Dario Pereira Netto, que estava com ele. Ao perceberem que seriam abordados pela gangue, Edson e o amigo, saíram correndo em direções opostas. Netto foi agredido, mas conseguiu escapar. Silva foi alcançado pelos skinheads. De acordo com testemunhas, a agressão contra Silva durou cerca de 20 minutos. Edson foi espancado até a morte e seu corpo foi abandonado em plena praça. A polícia conseguiu prender 18 jovens que estavam reunidos num bar, sendo 16 homens e duas mulheres, os quais foram indiciados por formação de quadrilha e como suspeitos do homicídio. Para vergonha nossa, este caso vem sendo acompanhado de perto pela comunidade internacional interessada na fiscalização da aplicação dos direitos humanos.

Outro caso que vem chamando a atenção internacional é a violência sofrida por Rosana Lage Ligero e Marli José da Silva Barbosa, em Pernambuco. Em junho de 1996, depois de uma investigação aparentemente parcial, a polícia local de Jaboatão dos Guararapes, em Pernambuco, prendeu as duas mulheres que mantinham, abertamente, uma vida em comum. As duas foram acusadas de “autoras intelectuais” do assassinato da senhora Sra. Joseth Pessoa de Siqueira, acusação baseada num único testemunho – o de uma mulher que vive no mesmo prédio de Marli e Rosana – que contou à polícia que Marli e Rosana haviam pago dois homens para matarem a senhora Siqueira. A polícia solicitou uma ordem judicial para prender as mulheres, mas tal ordem foi emitida apenas dois dias depois das mulheres já estarem sob custódia policial. Nesse meio tempo, as duas foram açoitadas com um chicote de borracha e foram ameaçadas de estupro. Também foram agredidas verbalmente. De acordo com uma das vítimas, dois oficiais da polícia que participavam do interrogatório forçaram-nas a praticar sexo oral com eles a fim de “perceberem o que estavam perdendo por não praticarem sexo com homens”. A polícia nominou-as como sendo “lésbicas homicidas” perante a imprensa local, e continuaram a bater nelas quando se recusaram a ser fotografadas por repórteres de jornal.

Ao recusarem a assinar uma confissão escrita e pagar um suborno exigido pela polícia, as duas foram transferidas para vários centros de detenção até que foram transferidas para uma prisão onde permaneceram encarceradas durante onze meses. Embora temessem uma nova vingança por parte da polícia, as mulheres concordaram em ser examinadas pelo Instituto Médico Legal do Estado de Pernambuco, o qual confirmou os danos físicos sofridos por elas como resultado da violência policial. Após uma audiência pública, em 1997, um juiz ordenou a transferência delas para uma prisão temporária. Durante a audiência, tanto o tribunal, quanto as autoridades policiais se referiram à Marli e Rosana como “as homossexuais”.
Apesar destas duas mulheres nunca terem conhecido, encontrado ou falado com os outros dois acusados, senhores Paulo Fernando e José Augusto, e muito menos terem pagado a eles qualquer quantia em dinheiro, as mesmas foram indiciadas como co-autoras do crime, conforme determinação da Justiça.

Apesar da evidência de má conduta policial, Marli e Rosana continuam esperando uma revisão de seu caso pelo Supremo Tribunal. Em 25 de agosto de 1999, Marli e Rosana participaram de uma audiência, na Comissão Nacional de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, sendo recebidas por deputados federais que ouviram suas denúncias de tortura, discriminação, preconceito e racismo da polícia e da justiça.

O caso de Marli e Rosana demonstra o grau de violência anti-homossexual praticado pela nossa polícia. Justamente aqueles que são pagos para, a princípio, salvaguardar a população, são os principais agentes na violação dos direitos humanos.

Aqui no Acre quem não se lembra so nosso Amigo Dantinhas, inclusive irmão de um grande amigo de Xapuri, que violentamente fora morto e deve seu corpo vilipendiado e deixado para aprodrecer em local a esmo...

No que se refere à legislação nacional tutelando os interesses dos homossexuais, não existe nada de concreto. Salvo para militares, não existem leis proibindo a prática da homossexualidade em nosso país. O que ocorrem são leis regionais, principalmente de âmbito municipal, que protegem alguns interesses, como ocorrem em cidades no Distrito Federal, Bahia, Sergipe, Mato Grosso, São Paulo e Rio de Janeiro, proíbe-se qualquer forma de discriminação baseada na orientação sexual do indivíduo.

No Congresso Nacional, um projeto de lei visando garantir alguns direitos à parceria civil entre pessoas do mesmo sexo ainda não foi votada, apesar das pressões de alguns grupos organizados interessados em sua aprovação. Se isso ocorrer, o Brasil, a exemplo de muitas nações desenvolvidas, como Holanda, Dinamarca e, recentemente, a França, se tornará um dos poucos países do mundo a institucionalizar a parceria civil entre indivíduos do mesmo sexo.

Vamos torcer para que a boa vontade de nossos legisladores, não somente no que se refere à parceria civil, mas na salvaguarda de outros direitos dos homossexuais, como o direito à sua liberdade de expressão, por exemplo, ou o direito de salvaguardar seu emprego de toda forma de preconceito, sejam observados e assistidos. Assim como no caso dos negros, crianças e índios, o que ocorre é falta de interesse político, o grande mal deste país.

Aqui no nosso estado algumas viórias juridicas também merecem destaque como é caso do Promotor de Justiça Almir Fernandes Branco, do Ministério Público do estado do Acre, que deu parecer favorável à ação que envolve a adoção de uma criança por um casal homoafetivo em união estável.

A criança em questão já tinha sido adotada por uma das mulheres que formam o casal, mas sua companheira também demonstrou o desejo de ter responsabilidades sobre a cricança. Se a juíza acatar o parecer do Ministério Público Estadual, o filho receberá nova certidão de nascimento, com novo sobrenome e passará a ter duas mães.

Segundo o promotor Almir Branco, é incontestável que os relacionamentos homoafetivos sejam um fato social que se perpetuou através dos séculos, não devendo o Poder Judiciário deixar de prestar a tutela jurisdicional a uniões que, "enlaçadas pelo amor, assumem a feição de família".

Senhores respeitar o imcompreensivel, o diferente é respeitar a si mesmo, considerem-me como colega nesta defesa, como Aliado que pouco pode colaborar, porém com muito esforço...

Obrigado a todos...

Safadeza sem limite

Essa aliança que petistas e tucanos querem fazer em Minas Gerais para a disputa da Prefeitura de Belo Horizonte é algo repugnante. Quem enxerga um palmo adiante do nariz sabe que o governador Aécio Neves é o tucano mais petista que existe na face da terra. Tal pilantragem vem desde os tempos em que Aécio sonhava em conquistar o governo mineiro e os petistas faziam planos para chegar à prefeitura da capital mineira, embora as negociatas fossem feitas às escondidas, na calada da noite. Mas agora resolveram escancarar tudo, explicitar a pouca vergonha. Para completar a canalhice, o prefeito Fernando Pimentel é um petista que faz o que os tucanos decidem. O candidato dos dois partidos é o secretário de Desenvolvimento Econômico, Márcio Lacerda, que não é do PT e tampouco do PSDB, mas sim filiado ao PSB. E essa simbiose tem apoio do presidente Lula.

No momento mais crítico do governo Lula, quando todo dia aparecia pelo menos um ou dois petistas metidos em escândalo de toda ordem, o governador Aécio Neves, tentando amenizar a situação convidou vários petistas, entre eles o então governador do Acre, Jorge Viana e os homenageou. Mas as recaídas dos tucanos pelos petistas começaram ainda no governo Fernando Henrique. O Ex-presidente era apaixonado por vários petistas. Assim como Aécio, FHC também queria tirar proveito pessoal em sua demonstração de carinho aos que estampa a estrelinha no peito. Quando a então líder da oposição no Senado, Marina Silva apertava o cerco contra os tucanos, FHC usava algumas lideranças do PT, entre estes, Jorge Viana para desmoralizar os petistas no Congresso Nacional. Evidente que o governador era recompensado pelo prestimoso trabalho que prestava.

Mas voltando à safadeza do PT e do PSDB de Minas, Aécio está fazendo tudo isso de olho na disputa presidencial de 2010. Apesar de seu flagrante desvio de conduto e absoluta falta de compromisso com o programa partidário, ele acha que tem chances de vencer a disputa seja pelo PSDB ou por outro partido. Para tanto, conta com apoio do presidente Lula da Silva. Aécio foi reeleito com absoluta facilidade, mas Geraldo Alckmin, seu colega de partido, que disputava a presidência da República. Aparentemente, Aécio apoiou Alckmin, mas no fundo seu apoio foi dado a Lula. A mesma tramóia, o governador fez contra o tucano que disputou a Prefeitura de Belo Horizonte. Tudo tem limite, até safadeza. Essa manobra lá em Minas sem limite por ser algo envolvendo o partido que está no comando central da política brasileira e o maior partido da oposição.

Ex-prefeitos tentam voltar à cena política nas eleições deste ano


Feliz foi o sujeito que inventou a frase “o poder é afrodisíaco”. No Acre, a máxima está sendo levada a cabo por ex-prefeitos que, nas eleições municipais de 2008, tentam retomar os mandatos. Isso sem falar nos prefeitos que, no cargo, tentam conseguir um segundo mandato.

Para retornar à cena política, os ex-prefeitos contam com o prestígio que deixaram. Sem a máquina administrativa nas mãos, resta aos pré-candidatos utilizar como marketing as realizações e obras de suas administrações. Em pelo menos seis das 22 prefeituras, ex-prefeitos disputarão o cargo.

Entre os ex-prefeitos estão João Edvaldo Teles, o Padeiro. Ele administrou o município de Bujari por dois mandatos (1997/2004) e apenas não disputou a reeleição por conta da lei eleitoral. No PMDB, ele foi, tecnicamente, o segundo prefeito da cidade, que na próxima semana completa 16 anos de emancipação política.

Mas não é único. Em Porto Acre, um dos primeiros núcleos urbanos de nosso Estado, o ex-prefeito Pedro Abílio, do PMDB, também tenta voltar ao poder. Ele esteve no comando político entre 2001 e 2004, quando perdeu as eleições Rui Coelho (PR), que irá tentar a reeleição.

No histórico e importante município de Brasiléia, o ex-prefeito Aldemir Lopes, também do PMDB, quer voltar a administrar a cidade. Ele está fora do cenário político desde que perdeu as eleições municipais de 2000, quando perdeu a eleição para o petista Alvanir Tavares.

A partir desse momento, Brasiléia tem sido administrada pela frente popular, que agora tentará a reeleição da prefeita Leila Galvão (PT). Aldemir administrou a cidade entre 1997 e 2000.

Atravessando a ponte sobre o rio Acre, retornando para Rio Branco, o ex-prefeito Tião Flores, do PP, tenta fazer o mesmo caminho que Aldemir. Ele administrou a cidade por dois mandatos, entre 1997/2004, quando deixou a cena política local. Ele também quer ser lembrado pelos moradores pelas obras que fez.

Saindo da região do Alto Acre e chegando à capital do Vale do Purus, Sena Madureira, a ex-prefeita Toinha Vieira, do PSDB, que esteve a frente da administração entre os anos de 1997 e 2004, quer voltar a administrar a cidade. Para o feito, ela não conta mais com a estrutura parlamentar do marido, o ex-deputado José Vieira.

Enquanto isso, no distante e isolado município de Jordão, o ex-prefeito Esperidião Menezes Júnior, do PMDB, que governou a cidade entre 1997 e 2000, pretende entrar na disputa, concorrendo inclusive com o atual prefeito Hilário Melo (PT), que assim como a maioria dos prefeitos, disputa a reeleição.

Se vão conseguir o intento, apenas o resultado das urnas irá dizer, mas será um bom teste para que os ex-prefeitos possam avaliar se fizeram uma administração que agradou a população e que, pelo bom trabalho, ainda são lembrados por ela. De qualquer modo, esperança é a palavra-chave que deverá ser usada por todos eles.

Frente Popular não quer César Messias na chapa do Senado

Uma corrente forte dentro da Frente Popular do Acre defende a tese de que a segunda vaga do senado nas eleições de 2010 não seja ocupada pelo vice-governador César Messias. A idéia é fazer uma chapa puramente petista, por isso defendem que Binho Marques deva ocupar a vaga, deixando o seu vice terminar os últimos 8 meses no comando do estado.

A princípio parece ser um bom negócio para o Partido Progressista, mas no fundo o que este grupo quer é ter o poder concentrado nas mãos dos petistas mais confiáveis. Seria a troca de 8 meses por 8 anos de poder.

Para reforçar os argumentos para que César aceite a proposta a Frente Popular oferecem aquilo que ela já tem: César seria candidato a prefeito de Cruzeiro do Sul em 2012 com as bênçãos da Frente Popular. Com esta iniciativa a FPA evitaria ter que brigar com os “Camelis” e ainda teria um território de agradecimento por ter dado a César o que é de César.

Diante deste novo acontecimento a Frente Popular apresentaria a seguinte chapa para os eleitores em 2010:
Governador – Tiao Viana (PT)
Vice – Edvaldo Magalhães (PCdoB)
Senador 1 – Jorge Viana (PT)
Senador 2 – Binho Marques (PT)

E olha que as eleiões estao longe...

Do mandiocal para os EUA

O resgate da cultura da mandioca no Acre ganha força. O deputado Fernando Melo (PT-AC) expôs no final de semana ao governador Arnóbio Marques (PT), Binho, a perspectiva de o estado liderar o mercado dessa planta na região norte. “O governador sensibilizou-se. Acredito que ele deve manifestar apoio à nossa iniciativa dentro de duas semanas”, diz Melo. O deputado viajou domingo para Atlanta e Washington (EUA).

Melo também se reuniu quinta-feira com o chefe da Unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) no Acre, Judson Valentim, para discutir apoio técnico à expansão da mandiocultura em Sena Madureira. Na audiência que terá no próximo dia sete com o presidente da Embrapa, Sílvio Crestana, o deputado reivindicará um posto do órgão naquele município.

Sexta e sábado, Melo visitou Sena Madureira, onde foi recebido pelo prefeito Nilson Areal (PL). Em seguida, percorreu a zona rural. Conheceu uma casa de farinha e ouviu explicações do agricultor Josué a respeito da cultivar Paxiubão, uma mandioca tão competitiva em qualidade quanto a Araçá, da qual ele enviou ramas para experimentos nas terras da Halotek Fadel, a maior indústria de amido industrial do Estado de São Paulo, no município de Palmital.

O agricultor informou ter plantado a Paxiubão sem nenhuma tecnologia, “na base da enxada”. Resultado: obteve 150 quilos de mandioca boa, com rendimento de 150 quilos de goma. “Podemos estar diante de uma cultivar com teor de amido acima de 40%”, estima o deputado.

“Para mim, esses mandiocais de Sena são a prova da inestimável diversidade ainda inexplorada da Amazônia”, ele afirmou aos extensionistas Joaquim Moisés e Eno Marcos Valle, da Secretaria Municipal de Agricultura e Produção de Sena.

A pedido de Melo, o prefeito Areal se comprometeu a organizar uma expedição liderada por Moisés, para visitar aldeias indígenas na região do Alto Purus e do Chandless, na busca de novas cultivares. “Certamente teremos surpresas”, prevê.

Resgate na Amazônia - Pouco antes de ingressar como membro titular da Comissão de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Melo tomou a iniciativa de resgatar a cultura da mandioca no Acre e na Amazônia. Conversou com o secretário de Produção do Estado do Amazonas, Eron Bezerra e programou para maio ou junho uma visita à planta industrial para a produção de fécula de mandioca no Distrito do Careiro, a 100 quilômetros de Manaus.

No início de abril, conheceu a indústria de polvilho Ourominas e a Usina de Álcool Coraci, ambas em São Pedro do Turvo, naquele estado. Anteriormente, buscou informações científicas com o agrônomo Diones Salla e o técnico agrícola Douglas Alexandre, no Centro de Raízes e Amidos Tropicais, na Fazenda Lajeado, da Faculdade de Agronomia da Universidade Estadual Paulista.


Deputado participa de seminário internacional

Fernando Melo embarcou domingo para Atlanta e Washington, nos Estados Unidos. A convite da Federação Pela Paz Universal (FPU), ele participará de um seminário internacional e conhecerá a sede do Congresso Americano. Retornará ao Brasil no próximo dia três de maio.
A Federação é dirigida por um filho do reverendo Sun Myung Moon.
Na quinta, o deputado recebeu no Auditório Nereu Ramos, da Câmara dos Deputados, o título de Cavaleiro da Paz. Federação para a Paz Universal (FPU) é uma aliança global de indivíduos e organizações dedicadas a construir um mundo de paz, um mundo no qual cada um possa viver em liberdade, harmonia, cooperação e co-prosperidade para todos.
A FPU é guiada por uma visão da humanidade. Define-se como “uma família global de Deus vivendo segundo os valores universais”. Promove iniciativas de paz no Oriente Médio, Nordeste e Sul da Ásia, aplicando a sua metodologia de reconciliação e serviço.

Realiza uma larga extensão de programas para promover uma efetiva liderança e governos com base principalística dentro da família, negócios, governos, religiões, instituições educacionais e ONGs.

É do Reverendo Moon também a iniciativa para um Conselho Inter-religioso nas Nações Unidas. Desde 1999, a FPU bem postulando esse conselho, na condição de órgão dentro do sistema das Nações Unidas, como uma forma de fortalecê-la e fazê-la mais efetiva na condução da sua missão.

A FPU patrocina programas que estabelece e fortalece o casamento e a família como o fundamento da paz, confirmando aqueles casamentos entre raças, religiões e barreiras nacionais (casamento intercultural). Entre outros patrocínios na área cultural, a instituição promove e patrocina eventos esportivos e competições que contribuam para a paz. Isto inclui o Festival de Esportes Inter-religiosos pela Paz, Jogar Futebol Traz a Paz e o Torneio Copa da Paz Sun Moon.

Montezuma Cruza
AGÊNCIA AMAZÔNIA

Catadora de lixo encontra fetos em aterro sanitário de MT

Eles estavam acondicionados em recipientes de plástico e de vidro, etiquetados.
Prefeitura diz que já identificou uma suspeita de ter descartado material.

Pelo menos 11 fetos foram encontrados em um aterro sanitário de Várzea Grande (MT) no domingo (27). Eles estavam acondicionados em garrafas do tipo pet e outros recipientes de plástico e de vidro, etiquetados. No mesmo local, a polícia também achou farto material hospitalar como seringas, material cirúrgico, ampolas, luvas e receituário médico.

A prefeitura informa que está apurando o caso. Uma sindicância já identificou uma pessoa suspeita de ter jogado o material. A polícia também está investigando o caso. Segundo a administração municipal, uma catadora de lixo achou os fetos humanos.

Servidores responsáveis pelas rotas de coleta de lixo foram ouvidos e a prefeitura acredita que os fetos foram colocados propositalmente em um local com o lixo domiciliar, pois eles não estavam em sacos brancos identificados como de material hospitalar. A prefeitura diz que uma funcionária de um hospital admitiu que jogou os fetos. Ela teria alegado que foi um "erro".

Três Policiais Federais Brasileiros são detidos no Paraguai

Agentes teriam furado bloqueio policial após fazer compras em Assunção.
Eles devem ser liberados na manhã desta terça-feira (29).

Três policiais federais de Mato Grosso do Sul foram detidos no Paraguai , no domingo (27), acusados de furar uma barreira policial na região de Chiriguelo. Eles estavam de folga e teriam viajado a Assunção para fazer compras

O delegado Caio Rodrigo Pellim, chefe da delegacia da Polícia Federal em Ponta Porã (MS), afirmou em entrevista no Globo News que os policiais admitiram ter passado por um posto policial no Paraguai, mas não receberam nenhum aviso de parada. Segundo Pellim, os brasileiros pararam em uma barreira policial perto de Pedro Juan Caballero, ainda no Paraguai, e foram detidos.

“Eles estão sob custódia enquanto aguardam autorização para voltar ao Brasil. Eles foram detidos por prática de crime de resistência, já que os policiais paraguaios alegam que eles furaram o bloqueio e desobedeceram as autoridades”, diz Pellim.

De acordo com o delegado, os brasileiros não trocaram tiros com a polícia paraguaia. “Eles estavam de folga, fora do horário de serviço e não portavam armas. Fizeram poucas compras e não tiveram nenhum material apreendido”, afirma Pellim.

Os brasileiros, que trabalham em Ponta Porã, devem ser liberados na manhã desta terça-feira (29).

Lula vai discutir preço da gasolina

O presidente Lula vai participar diretamente de reunião de governo para discutir se deve ou não haver aumento do preço da gasolina. A agenda do presidente prevê para esta terça-feira audiência com o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão. Mas, desse encontro, devem participar outras autoridades do governo que têm ligação com o assunto, como o presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, e a ministra da Casa Civil, Dilma Roussef, que já foi ministra de Minas e Energia e ainda tem forte comando e conhecimento do setor.

Na última sexta-feira, o presidente Lula deixou claro que o assunto está na pauta do governo. Ele recordou que há grande defasagem no preço da gasolina, pois não há reajuste há 30 meses e quando foi fixado, em 2005, o preço do barril de petróleo estava a pouco mais de 30 dólares. Agora, o barril se aproxima de 120 dólares.

- Uma hora dessas vai ter de subir – disse um ministro com gabinete no Palácio do Planalto, confirmando que o assunto está em discussão.

Pelos cálculos do governo, o reajuste deve ser pequeno para o consumidor. Segundo as contas feitas no Planalto, deve ficar em torno de 2%. Isso porque o preço na bomba sobe a metade do que é autorizado nas refinarias. A discussão neste momento é se a gasolina irá subir entre 3% e 5% - para o consumidor entre 1,5% e 2,5%.

Há um duelo no governo sobre o aumento ou não do preço da gasolina – semelhante ao que ocorre quando há reunião do COPOM para decidir sobre taxa de juros. A área econômica é contra o aumento e argumenta que, se houver reajuste, há o risco de isso impulsionar a inflação e, para corrigir, o Banco Central reajustar os juros. Já outros setores do governo avaliam que não haveria forte impacto na inflação porque o aumento, se autorizado, será pequeno. E a Petrobras, sendo empresa de capital aberto, seria obrigada a reajustar preços e não arcar com o custo dessa defasagem no preço do combustível.

A área política é sempre contrária a aumentos no preço do combustível porque esta é uma área muito sensível para a população. Neste caso, porém, o fato de o reajuste em discussão ser baixo, a reação não tem sido não intensa.

quinta-feira, 24 de abril de 2008

O Excelentíssimo Encrenca e o Recorde da Vergonha Jurídica


Reservei o dia de hoje para cuidar de algumas questões jurídicas pendente, todas elas tendo como reclamado o Prefeito de Xapuri. Cordial como sou, assim que adentrei no Prédio da Justiça da Comarca, encontrei ali vários amigos e conhecidos de longas datas, com os quais iniciei uma boa prosa. Notei que havia um grande numero de pessoas naquele local, imaginei que se tratava de algum trabalho do Tribunal do júri, porém logo fui informado de que a Justiça Itinerante do Trabalho estava realizando audiências naquele local.

Estranhamente numa visualização rápida percebi que uma boa parte dos presentes ou eram funcionários do município ou ex- prestadores de serviços da autarquia municipal, qual não foi minha estranheza em confirmar que se tratava todos de reclamantes contra o município de Xapuri, já que das 15 audiencias restantes daquele dia 13 foram ajuizadas contra a Prefeitura Municipal de Xapuri.

Fiquei deveras curioso alguma coisa me aguçava o sentido naquele ambiente, esqueci até meus compromissos que me levaram ao Fórum local, comecei a indagar alguns reclamantes acerca de suas ações, qual também não foi minha surpresa que todas direcionavam para um mesmo ângulo, rescisão de forma abrupta do contrato de trabalho. Contrato.... que contrato.... as relações trabalhistas ali existentes eram apenas informalmente tratadas, sem recolhimento das obrigações Patronais, mas diga-se de passagem que pelo anunciado pelos funcionários devidamente descontados em contracheque. Opa a conversa estava chegando onde eu queria.

No decorrer da conversa percebi que aqueles trabalhadores tiveram seus direitos vilipendiados, e todos sem exceção foram demitidos ou melhor expulsos dos seus ambientes de trabalho, assim que começaram a exigir direitos fundamentais assegurados na CLT.

Eis que uma frase me chama atenção: ... “recebemos os meses deoutubro e novembro em dinheiro na mão...” opa funcionário municipal recebendo em espécie. Alguma coisa de sórdido pairava no ar, ou eu não entendo mais nada da Legislação de Admnistração Publica no tangente a finanças e procedimentos admnistrativos, ou Xapuri está reformulando a legislação contábil vigente.

Percebi pelos depoimentos espontâneos naqueles momentos que oque tem que ser feito deve ser feito, digo isso acerca da minha postura em estar ultimamente criticando responsavelmente as ações e posturas da atual admnistração. Notei também que ali era um bom momento para os representantes do Povo sic..vereadores... estar executando seu papel de fiscalizadores, pois garanto que muita coisa interessante eles ouviriam ali, de pessoas humildes porém detentoras de grande postura ética. Garanto que se os Vereadores se esforçassem um pouco para ouvir as denuncias que naquele breve espaço de tempo pude ouvir, seria material suficientemente diante da Lei 8.666\93, LRF e Lei Orgânica Municipal para abertura de procedimento de tomada de informações ao Executivo Municipal e diante das provas cabais até mesmo abertura de comissão de inquérito, mas não vou gastar meu tempo com esses direcionamentos, até mesmo porque todos os nossos Nobres Vereadores sabem de todos esses procedimentos, se ainda não tomaram inicitiva é porque ou algo lhes impede, ou não estão dispostos a trabalhar.
Mas voltemos a questão principal, o Município de Xapuri e suas encrencas na justiça . uma curiosidade tremenda me tocou, senti que era um de meus espasmos para buscar a verdade, ali mesmo comecei a analisar a situação da Prefeitura Municipal de Xapuri diante de todas as denuncias oferecidas desde 1 de janeiro de 2005, depois de alguns telefonemas e alguns acessos a internet constei que pesam sobre o Município de Xapuri ações:
Trabalhistas - 143
Cobrança Judicial - 18
Devolução de recursos federais - 03
Crime de Desobediência - 02

Contra o Prefeito Vanderley Viana
Lesão Corporal - 05
Crime de Imprensa - 02
Calunia - 23
Difamação - 06
Assedio Sexual - 01
Perseguição - 05
Responsabilidade Fiscal – Recursos Públicos – MS - 01
Constrangimento - 13
Execução Financeira - 01
Trafico de Substancias intorpecentes por intercptação telefônica - 01
Trafico Internacional de Substancias Intorpecentes – 01

Pasmem !!! é isso mesmo que voces puderam constatar acima, somando todos os Processos, onde consta como réu, reclamado ou inquerido o Município de Xapuri, a Prefeitura Municipal de Xapuri ou o Prefeito Vanderley Viana totalizam nada mais nada menos que 223 ações. Parafraseio Boris Casoy - Isso é uma vergonha!!!

Vamos analisar por outro ângulo.
O prefeito Vanderley Viana está no Poder desde 1º de janeiro de 2005 logo até hoje ele está no seu 1211º dia de mandato, dividindo pela quantidade de processos é igual a 5,44 dias, oque significa dizer que a cada semana o prefeito se mete numa encrenca, ou ainda considerando a quantidade de processos até hoje permite-me tirar a seguinte conclusão de que pelo menos 300 dias o Prefeito nesse mandato deixou de trabalhar para o Município unicamente para se apresentar diante de uma autoridade judicial. É mole......

E vem mais Processos por ai, somente a minha pessoa ofereceu novas 05 ações contra o Alcaide e todas consubstanciadas e fundamentadas em provas onde listo
-Apropriação Indébita conf. Consta no Boletim de Notícia Crime n. 001307\2008
- Responsabilidade Fiscal Conf, oferecimento ao MPF de denuncia datado de 26 de fevereiro de 2008
- Direcionamento Licitatório Conf, oferecimento ao MPE de denuncia datado de 10 de Abril de 2008
-Calunia, Difamação e Constrangimento Público conf. Consta nos Autos 007.8.000232-0 do Juizado Especial Civil da Comarca de Xapuri
- Ação Trabalhista Conf. Reclamação n. 00141.2008.411.14.00-8 da Vara do Trabalho de Epitaciolandia

Xapuri que já foi considerado princesinha, primeiro município do Acre a ter estrutura comercial e financeira independente de primeiro municipio a criar incentivos agrícolas agora terá que vergonhosamente carregar o estatus de recordista no Acre de processos.

Bem acho que vou aderir ao coro acreano: no Governo tem a turma do Volta... Jorge, Volta.... na Assembléia Legislativa a turma do Volta... Naluh Volta... em Xapuri vou criar o Sai... Vanderley, Sai

Se a Moda Pegar

Temendo que as sessões da Assembléia Legislativa possam se transformar em algo inapropriado para boa a boa convivência, a mesa diretora promete tomar medidas duras contra parlamentares que insistam em usar linguagem chula, baixo nível e de agressão.

Essa pratica tem sido comum na tribuna da assembléia e geralmente acontece no calor das discussões. Os termos inadequados são usados, na maioria das vezes, por deputados da oposição, que não medem o nível de suas falas quando criticam as ações do governo.

Várias são as vezes em que o presidente da Mesa Diretora, Edvaldo Magalhães (PC do B), pede para que a taquigrafia da casa retire palavras consideradas impróprias. Nas duas sessões desta semana, Magalhães teve que interferir no debate para evitar que o nível baixasse.

Para não deixar que a balbúrdia tome de conta do Plenário, ele já avisou: “O deputado que usar palavras inadequadas para o debate, e que firam a honra de qualquer um de seus pares, será advertido por escrito pela Mesa Diretora”.

Alguns parlamentares ficaram receosos com a medida da presidência da Mesa, pois não sabem quais serão os critérios adotados para se classificar uma expressão como “adequada”.

Em seu discurso, o líder dos tucanos Donald Fernandes chegou a satirizar o debate ao afirmar que levará o Dicionário Aurélio e a Bíblia para a tribuna do plenário. “O Aurélio vai servir para que eu use as palavras mais eloqüentes, já a Palavra de Deus vai ser uma fonte de espiritualidade para que eu não perca o equilíbrio”, explicou de forma irônica Donald.

Governo do Acre vai gastar 23 milhões de reais sem licitação

Os R$ 23 milhões recentemente disponibilizados ao Acre pelo presidente Lula quando da inauguração da fábrica de preservativos Natex, serão gastos sem licitação.

O dinheiro será destinado ao desenvolvimento de novas tecnologias florestais e todo o trabalho será conduzido pela FUNTAC – Fundação de Tecnologia do Acre.

A dispensa de concorrência pública encontra amparo na Lei de Licitações que faculta a escusa em se tratando de "contratação de instituição brasileira incumbida regimental ou estatutariamente da pesquisa científica".

Foi apoiando-se nessa facilidade da lei que a Secretaria de Educação dispensou licitação e contratou por quase R$ 3 milhões a UNB – Universidade de Brasília para ministrar determinado curso a servidores da secretaria.

O contrato foi assinado ainda na época do ex-reitor, Timothy Mulholland, afastado recentemente da instituição por envolvimento no chamado "escândalo das fundações".

Sem-terra bloqueiam rodovia e tomam carro da polícia no Pará

Manifestantes tomaram dez veículos que passavam pela estrada.
Protesto é contra reintegração de posse de fazenda.

Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) bloquearam, no início da manhã desta quinta-feira (24), a rodovia PA-275, entre Parauapebas e Cuionópolis, no sudoeste do Pará. Os sem-terra tomaram dez veículos que passavam pela estrada, entre eles dois ônibus e uma viatura da Polícia Rodoviária Estadual.

O protesto é contra a reintegração de posse da fazenda São Marcos, em Parauapebas. Os sem-terra pedem a desapropriação da fazenda, mas o governo estadual já anunciou que fará a desocupação da propriedade em cumprimento à determinação da Justiça.

Quinhentos policiais estão na região. A Polícia Militar montou barreiras em rodovias e sobrevoôu a área. A Fazenda São Marcos foi ocupada há cerca de ano.